Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Parana

Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná

É quase impossível falarmos sobre o rio Iguaçu e rio Paraná, tão importantes para a cidade de Foz do Iguaçu, sem nos lembrarmos dos pontos turísticos que eles criam ao seu redor.

Você, com certeza já ouviu falar e visitou algum deles, se não, os dois!

Quem passa pela fronteira geralmente visita estes espaços, e depois surgem as curiosidades, principalmente sobre o Rio Iguaçu e Rio Paraná.

Por isso, vamos passar algumas informações bem legais que talvez você ainda não saiba, e aumentar ainda mais seu carinho por estes lugares.

Rio Iguaçu

O rio Iguaçu nasce do encontro do rio Iraí e do rio Atuba, na capital, Curitiba, e segue percorrendo todo o lado leste e oeste do estado, até se encontrar com o rio Paraná.

Uma das responsabilidades que esse rio ocupa, é o de formar uma das mais importantes bacias do Brasil. A Bacia do rio Iguaçu.

Ela abrange os estados do Paraná e Santa Catartina, além de áreas da província de Misiones. No estado do Paraná, ele cobre uma superfície de 57.329 km².

Agora me diz, você sabia que o rio Iguaçu é o mesmo rio das Cataratas do Iguaçu? E que a primeira pessoa a ver essa linda paisagem foi o conquistador espanhol Alvar Nuñes Cabeza de Vaca, a batizando de “Cachoeiras de Santa Maria”, por volta de 1542?

Essa beleza da natureza, muito representativa no município, é tratada por muitos moradores como “Quintal de Casa”, por serem filhos de uma cidade de beleza exuberante, mas as Cataratas Iguaçu já foram o quintal da casa de alguém, literalmente!

O uruguaio Jesús Val, recebeu as terras da Colônia Militar do Iguaçu, e foi o único dono do espaço por algum tempo.

Imagina só que privilégio, acordar todos os dias e dar de cara com essa vista?

Cataratas do Iguaçu - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Cataratas do Iguaçu | Foto: Parque Nacional do Iguaçu

Santos Dumont foi o responsável por fazer com que a Província do Paraná desapropriasse as terras, declarando-as de utilidade pública.

Em 1939, o Parque Nacional do Iguaçu foi criado, e em 1986 a UNESCO concedeu o título de Patrimônio Natural da Humanidade, e hoje abriga uma das 7 maravilhas da natureza, e um dos pontos turísticos mais visitados do mundo.

A beleza pode ser vista também por um lado “hermano”, a 18 km de Puerto Iguazú, na província de Missiones, na Argentina.

Criado 5 anos antes do Parque Nacional Brasileiro (1934) o Parque Nacional Iguazú foi Declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 1984 (2 anos antes do lado brasileiro).

As Cataratas na Argentina possuem 80% das quedas d’água, e assim como do lado brasileiro, atraem visitantes de todo o mundo.

Quedas e vazão d’água

As Cataratas do Iguaçu são formadas por 275 quedas d’água de até 80 metros de altura, mas, esse número de quedas varia de 150 a 300, dependendo da vazão do rio.

A cima das cataratas, o rio Iguaçu mede 1.200 metros de largura, depois de percorrer 1.320 km no leste-oeste. Sua vazão média é de 1.500 m³/s.

Em épocas de cheia, a vazão chega a 6.500 m³/s, e em épocas mais secas, cai para 300 m³/s.

Seu sistema de quedas d’água é o segundo maior de todo o mundo, ficando atrás somente das Cataratas do Niágara.

Passando deste percurso, as águas volumosas, muito apreciadas nas passarelas do Parque, mais à frente, encontram as águas do rio Paraná, formando uma Foz, originando o nome desta cidade tão linda e acolhedora como Foz do Iguaçu.

Rio Paraná

Rio Paraná, significa “como o mar” ou “parecido com o mar”, em Tupi.

Ele é o segundo maior rio da América do Sul (em extensão), sendo superado apenas pelo rio Amazonas e é o décimo do mundo em vazão de água.

Seu nascimento, parte da união dos rios Grande e Paranaíba, entre os estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Além de ser divisa de estados, marcando o limite entre Brasil e Paraguai, até chegar no rio Iguaçu, onde os dois se unem na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, ele também tem os rios Tietê, Paranapanema e Iguaçu como seus principais afluentes.

Ao sul da tríplice fronteira, o Paraná separa o Paraguai da Argentina, se unindo ao rio Uruguai para formar o rio da Prata, dá nome a uma importante bacia. A Bacia do Prata, que é a quarta maior do mundo, com 3.190.000 km2.

Ponte Internacional da Amizade - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Ponte Internacional da Amizade | Foto: Avant Produções

Foi em suas margens que os paraguaios foram derrotados, ao enfrentar tropas brasileiras e argentinas, na Guerra do Paraguai, que aconteceu entre 1864-1870.

Neste rio, inicialmente estavam as Sete Quedas, uma grande atração turística do rio Paraná durante muitos anos.

O que aconteceu com as Sete Quedas?

Foi em outubro de 1982 que as maiores cachoeiras do mundo em volume d’água do mundo deixaram de existir.

Já imaginou quanta água? As cataratas do Niágara, que hoje ocupam a maior posição no ranking de cachoeiras com volume d’água, tem apenas metade desse volume.

Uma curiosidade sobre as quedas, é que, mesmo tendo sete em seu nome, o local era composto por 19 saltos, agrupados em sete grupos, dai a origem de seu nome.

Usina de Itaipu

Para a criação da Usina, além das Setes Quedas, foi inundada também uma área equivalente a 135 mil hectares.

As pessoas que viviam na região, indígenas e não indígenas, tiveram que ser removidas para outras áreas.

A construção da Usina aconteceu ainda durante a ditadura militar, em um acordo entre o Brasil e o Paraguai, responsável por aumentar o potencial energético do Brasil, e o desenvolvimento do país.

Itaipu Binacional - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Lago de Itaipu | Foto: Itaipu Binacional

Reconhecida por seu trabalho de produção de energia limpa e renovável, a Itaipu Binacional usa as águas do rio Iguaçu para produzir energia, garantir empregos, movimentar a economia e atrair turistas de todo o mundo.

É a bacia do Rio Paraná que abastece o reservatório de Itaipu Binacional, e abrange seis estados brasileiros e o Distrito Federal.

Você sabia que grande parte da bacia do Rio Paraná já foi ocupada por florestas tropicais e subtropicais? Com o desmatamento das últimas décadas, pouco sobrou desta vegetação natural, mas ainda existem pontos de muita riqueza natural.

Com uma extensão de 4.800 km, o rio é reconhecido também por marcar o cenário das pontes que ligam as fronteiras, e são elas a Ponte Internacional da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai, e a Ponte Internacional da Fraternidade, que liga o Brasil à Argentina.

Conclusão | Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná

Aprender sobre um lugar é sempre bom não é? Ainda mais se forem pontos turísticos, que você pode visitar ou já visitou.

Esperamos que essa matéria, com algumas curiosidades sobre o Rio Iguaçu e Rio Paraná tenham sido úteis e esclarecedoras.

Para saber mais sobre os atrativos, leia essas matérias aqui: Conheça as incríveis Cataratas de Foz do Iguaçu! | Pop Hotel

Quais são as cachoeiras mais bonitas do Brasil? | Pop Hotel

Itaipu Binacional está concorrendo a prêmio latino de turismo responsável!

Siga nossas redes sociais <3

Créditos das fotos da matéria e capa do post: Canva Pro. | Edições: Maria Leithardt.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 8 =