passeios radicais

Passeios Radicais em Foz do Iguaçu || Uma programação cheia de adrenalina

Pensando no que fazer no final de semana? Que tal uma aventura recheada de passeios radicais e muita adrenalina? 

Se você, assim como nós do Pop Hotel, adora uma boa dose de epinefrina, então continue nessa matéria que a gente vai te mostrar os passeios radicais mais irados de Foz do Iguaçu! 

 Veja abaixo os passeios que vamos abordar aqui:

  • Aguaray Eco Esportes
  • Iguassu Secret Falls
  • Macuco Safari
  • Dino Adventure

Dentro de cada passeio você vai encontrar quatro subtítulos. Eles são:

  • Como é o passeio?
  • Horário de atendimento
  • Localização
  • Valores 

Quer saber mais sobre o que separamos aqui? Bora pra matéria então!

Veja também: Como planejar uma viagem?

Passeios Radicais em Foz do Iguaçu 

Que Foz do Iguaçu é uma cidade linda, rica em pontos turísticos tão belos quanto, isso todo mundo já sabe e não nos resta mais dúvida alguma. 

Bastante procurada por ser um destino ótimo para relaxar, a Terra das Cataratas tem uma porção de lugares maravilhosos para você esfriar a cabeça e deixar a mente mais tranquila. 

Agora, se o seu negócio é embarcar em uma aventura que é pura adrenalina, Foz do Iguaçu também pode entrar no seu roteiro de viagens. 

Sabemos que é delicioso lavar a alma em uma das quedas d’água mais famosas do mundo, mas que tal mudar um pouco o rumo da coisa?

É por isso que nós nos dedicamos a separar os passeios radicais mais irados da cidade e trazer pra você nessa matéria que tá pura emoção.

Veja também: Conheça o Parque das Aves e sua mais nova certificação

aguaray passeios radicais
Aguaray Eco Esportes || Cedida pelo atrativo

Aguaray Eco Esportes

Sob o lema “onde a natureza e o esporte se unem”, a Aguaray Eco Esportes surgiu com a premissa de oferecer um lugar para que as pessoas possam praticar esportes em meio a natureza. 

Foi então que um grupo de amigos, apaixonados por esportes e natureza, decidiram criar a empresa com atividades esportivas e de lazer. 

O intuito é reunir as pessoas com as belezas naturais presentes em Foz do Iguaçu, promovendo uma experiência única de contato com o meio ambiente e despertar a importância de coexistir em meio a natureza de forma consciente.

O grupo promove atividades como canoagem e caminhada em meio ao nosso pedacinho rico da Mata Amazônica. 

Como é o passeio?

O passeio começa com uma caminhada por uma trilha de 1,4km, que parte da recepção do hotel Canzi Cataratas e vai até as margens do rio Iguaçu. 

Essa trilha ganha o nome de “Trilha do Índio”. Ela atravessa uma grande extensão da Mata Atlântica presente nesta região e ainda de quebra você pode contar com a visita ilustre dos moradores da floresta, como os macaquinhos e os quatis. 

Em seguida, os visitantes são levados até a Base de Canoagem, onde recebem as instruções necessárias e vestem os equipamentos de segurança. 

O passeio segue em uma remada lenta e calma até o Rio Tamanduá, onde os turistas desembarcam e caminham até a Cachoeira da Toca, onde todo o passeio fica ainda mais mágico com um banho nas quedas d’água. 

Esse passeio tem duração de 3 horas com grau de dificuldade moderado. 

Crianças e adolescentes menores de 18 anos devem ter autorização dos pais. A idade mínima é de 10 anos. 

É recomendado o uso de sapatos fechados e carregar consigo um repelente, protetor solar e uma garrafinha de água. 

*Este passeio inclui seguro. 

Horário de atendimento

A Aguaray possui dois horários de saída:

 ⇾ às 9h

 ⇾ às 15h

Localização

Alameda Caete, Chácara Remanso Grande – Foz do Iguaçu, PR.

Valores

Você pode fazer esse delicioso passeio com a Go Iguassu pelo valor de R$ 148,00.

Veja também: Lugares para viajar sozinho

aguaray passeios radicais
Aguaray Eco Esportes || Cedida pelo atrativo

Iguassu Secret Falls 

Que Foz do Iguaçu é a terra das Cataratas, isso todo mundo já sabe. Mas você sabia que existem mais cachoeiras além das grandiosas quedas do Parque Nacional?

São 11 cachoeiras “secretas” onde você pode se deliciar, seja na visão encantadora ou no banho de lavar a alma. 

Sem contar nas quatro trilhas, que somadas dão cerca de 4km e que passam por três diferentes rios: Carimã, Tamanduá e Remanso.

Bora conhecer esse passeio?

Como é o passeio?

O item três da nossa lista de passeios radicais em Foz do Iguaçu começa com uma trilha feita por caminhada. 

A trilha conta com o apoio de um veículo e um guia bilíngue que irá sanar todas as suas dúvidas e contar curiosidades fantásticas, além do acompanhamento de um socorrista.

O passeio conta também com uma deliciosa parada para o almoço, como uma saborosa feijoada ou alguma opção vegana, caso seja de seu interesse. 

Há quatro diferentes possibilidades de almoço: Feijoada na Sou Local, Comida de Fazenda no Restaurante Barracão, Massas na Cantina Dona Elvira ou comida vegana/vegetariana na Cantina da Bea. 

Por falar em restaurantes vegetarianos, tá afim de conhecer os melhores de Foz? Dá uma olhadinha nessa matéria sobre Comida Vegetariana.

O passeio não conta com acessibilidade e crianças até 8 anos estão vetadas de participar. 

Ah, e o passeio acontece independente das condições climáticas, okay? 

Horário de atendimento

O atrativo funciona diariamente, das 8h às 18h.

Localização

Localizado na R. Manêncio Martins, 21 – Vila Yolanda.

Valores

Você pode desfrutar deste passeio com a Combo Iguassu por a partir de R$ 99,00.

Crianças de 8 a 12 anos pagam meia entrada.

O passeio possui duas opções:

Tour meio período

Tour período completo

iguassu secret falls passeios radicais
Iguassu Secret Falls || Cedida pelo atrativo

Macuco Safari 

Seguindo nossa lista de passeios radicais em Foz do Iguaçu, vamos dar uma passadinha no Parque Nacional. 

E não, nossa atração de hoje não são as Cataratas em si, mas um passeio de barco por elas. 

Trata-se de uma aventura mais que radical por entre as corredeiras do Rio Iguaçu em um bote inflável. 

Bora saber mais sobre o passeio?

Como é o passeio?

O passeio começa por uma trilha de 2km dentro da mata fechada, com auxílio de um veículo elétrico. 

Depois disso você pode escolher a modalidade que quer seguir. 

O passeio tradicional do Macuco Safari é uma espécie de rafting, que desce o rio por entre as quedas. 

Outra modalidade é o Cachoeirismo, uma descida de rapel de 20 metros pelas rochas milenares de onde brotam as cachoeiras, bem ali, no coração da Mata Atlântica presente no parque. 

Depois ainda tem uma trilha de mais 600 metros, com pausas para descanso e para recarregar as energias. 

E a última modalidade é para quem não quer se molhar, uma das mais famosas durante os meses de inverno em Foz do Iguaçu

Esse é o chamado Macuco Selva, onde o visitante pode realizar apenas a caminhada pela mata com um guia. Nessa, o visitante pode também se privilegiar pela visão lindíssima das quedas que tanto amamos.  

Horário de atendimento

O Macuco funciona de terça-feira a domingo, das 9h às 16h.

O passeio completo do Macuco tem uma duração média de 1h45, podendo variar de acordo com seus planejamentos.

Localização

Nas dependências do Parque Nacional do Iguaçu, na Av. das Cataratas – Foz do Iguaçu.

Valores

Você pode aproveitar esse passeio com a Go Iguassu por a partir de R$ 138,00.

Passeios Radicais com crianças || Dino Adventure

Agora, pra gente fechar nossa lista de passeios radicais com chave de ouro, que tal um passeio ótimo para fazer com os pequenos?

É um passeio que traz arvorismo e tirolesa dentro do Vale dos Dinossauros

Quer conhecer o Dino Adventure? Então vem com a gente!

Como é o passeio?

Trata-se de um atrativo que envolve um percurso de 200 metros. 

São 105 metros de arvorismo, ou seja, uma trilha suspensa entre as árvores de 12 metros de altura, e mais 95 metros de tirolesa. 

O arvorismo se divide em 5 etapas, sendo elas: ponte tibetana, ponte falsa-baiana, ponte de troncos, ponte de discos e ponte de três cabos.

E como se não bastasse, pra melhorar ainda mais o passeio, tudo isso é em meio a um cenário jurássico, repleto de réplicas mecânicas dos dinossauros que tomaram conta deste período.

Podem realizar esse passeio  pessoas com no mínimo 1,20m de altura e peso máximo de 95 kg.

O passeio dura de 30 a 50 minutos.

Horário de atendimento

O Complexo Dreamland funciona todos os dias, das 8h às 22 horas.

Localização

Av. das Cataratas, 8100. 

Valores

Se divirta no Dino Adventure com a Go Iguassu por R$ 78,00.

Valor especial para doadores de sangue do estado do Paraná, estudantes, idosos, professores (SOMENTE PARA PROFESSORES DO ESTADO DO PARANÁ). Sem desconto para crianças.

Veja também: Dreams Park Show

dino adventure passeios radicais
Dino Adventure || Cedida pelo atrativo

Passeios Radicais em Foz do Iguaçu || Conclusão

E aí? Gostou de conhecer os passeios radicais mais legais da fronteira? 

Não se esqueça de visitar nosso blog e ver outras matérias como essa lá.

Aproveita e já segue a gente nas redes sociais, assim você não perde nada do que a gente publicar por lá!

E se estiver procurando um hotel econômico e descomplicado, o Pop Hotel é a melhor opção.

A Dhara Fabricio amou a experiência que teve conosco aqui na cidade de Foz do Iguaçu. Dá uma olhadinha no que ela publicou no Instagram clicando aqui!

Ainda não se convenceu? Então dá só uma olhada em dez motivos para se hospedar no Pop Hotel!

Um enorme beijo e até breve.

Foto de capa: Marcos Labanca (Macuco Safari)

Blog por: Arielle Farias

como fazer um mochilão

Como fazer um mochilão? || Pop Viaja!

Que tal inovar na hora de viajar e aprender como fazer um mochilão?

Viajar é uma delicia e viajar gastando pouco é melhor ainda! E se você assim como nós aqui do Pop Hotel adora uma aventura, que tal fazer um mochilão por aí?

Mas não se preocupe, caro viajante, porque nós vamos dar todas as dicas que você precisa para que seu mochilão seja incrível.

Bora lá?

como fazer um mochilão marco das tres fronteiras
Marco das Três Fronteiras em Fox do Iguaçu || Cedida pelo atrativo

Como fazer um mochilão? || O que é um mochilão?

Antes de mais nada, bora entender direito o que é esse tal de mochilão.

Quando a gente fala em mochilão, logo você pensa naqueles andarilhos de botina e mochilão nas costas – talvez daí tenha vindo esse nome tão autoexplicativo – viajando por aí sem rumo algum.

De certa forma você não está errado, mas de uns tempos pra cá a palavra mochilão foi sendo ressignificada, tornando-se mais abrangente.

Saiba que mochilão não é algo muito diferente de outras viagens, ela só é mais, digamos, característica.

O modo mais cru de dizer exatamente o que é um mochilão é dizer que é, basicamente, uma viagem onde você gasta o menos possível.

Nesse caso, o mochilão é apenas uma viagem mais econômica, onde na maioria das vezes você visita mais lugares em menos tempo.

Entretanto, vale ressaltar que para esse tipo de viagem não há regras, então você pode ir sozinho, acompanhado, tanto faz.

O negócio é gastar pouco em uma viagem maneira.

Agora que você já sabe o que é, vamos logo aprender como fazer um mochilão top das galáxias.

Veja também: Quanto custa um fim de semana na Terra das Cataratas?

Como fazer um mochilão? || Como organizar

Organizar um mochilão é até mais prático que organizar uma viagem comum, mas a princípio são os mesmos passos a serem seguidos.

E acredite, caro viajante, ao final dessa matéria você se tornará um perito na arte de como fazer um mochilão.

Veja também: Como juntar dinheiro para viajar

Defina data e destino previamente

Em primeiro lugar, é essencial que você foque em duas coisinhas muito simples: destino e tempo.

O negócio é, antes de mais nada, dar uma olhada em alguns destinos maneiros que você já quis visitar.

Para ficar mais fácil, responda algumas perguntas para si mesmo, como “quero ir para fora do Brasil ou ficar por aqui mesmo?” ou quem sabe “quero praia ou serra?”.

Responder esse tipo de questionamento pode clarear suas ideias e você pode conseguir montar um roteiro de viagem muito massa.

Pensar em como você pretende fazer essa viagem pode ajudar também.

E se mesmo assim você não faz ideia de pra onde ir, dá uma olhadinha em algumas matérias que encontramos em nosso blog sobre lugares para viajar no Brasil!

» Lugares para viajar sozinho

» Destinos baratos no Brasil

» Os lugares mais lindos do Brasil

Outra coisa importante para se fazer antes de preparar a viagem é ter uma noção de quando você pretende partir e quando pretende voltar.

Definir data de ida e volta pode ser um fator muito crucial na hora de selecionar passeios ou comprar hospedagens e afins.

Pensa nisso campeão, não vá deixar para última hora!

como fazer um mochilão
Imagem ilustrativa || via Unsplash

Monte um roteiro

Depois de destino selecionado é hora de escolher a programação.

O ponto crucial de como fazer um mochilão é decidir por passeios legais e baratinhos. Tem uma penca de cidades por aí com passeios muito divertidos e que não são tão caros assim.

Um exemplo é a nossa queridinha Foz do Iguaçu, que tem uma porção de passeios supermaneiros.

Inclusive, dá uma olhadinha nessa matéria chuchu beleza sobre passeios baratos em Foz do Iguaçu.

Ih, meu filho, tem de tudo. Templo pra quem quer templo, aventura pra quem quer aventura e por aí vai!

Vamos repassar até agora? Então vamos lá: pega a caneta, escolhe destino e data de ida e volta. Agora joga na internet o nome do destino e escolhe uns passeios incríveis pra deixar sua viagem muito divertida.

Bora pra próxima dica?

Veja também: Lugares para viajar na América Latina.

Evite imprevistos

Sabemos que a própria palavra imprevisto já quer dizer algo que não dá pra prever e, consequentemente, não dá pra evitar.

O que a gente na verdade quer dizer com evite imprevistos é muito simples: arranje possíveis meios de contorná-los.

O esquema de como fazer um mochilão é se preparar muito, mas muito bem.

Reserve tudo que tem que ser reservado e contrate um seguro de viagem.

É importante ter em mente que para fazer uma viagem, ainda mais se você decidir fazer sozinho, tem que estar tudo muito bem planejado.

Então organize certinho, pesquise com antecedência os melhores preços e a melhor época para se viajar.

Nossa dica é aproveitar a baixa temporada, já que as coisas costumam ser mais baratas, sem contar que tudo fica muito menos lotado nessa época.

Pesquise meios de transporte e formas de se locomover durante a sua viagem. Se você pensa em vir para Foz do Iguaçu, aqui tem uma matéria muito boa sobre como se locomover na Terra das Cataratas.

Com isso você consegue até mesmo calcular os gastos do seu mochilão e evitar gastar muito além do planejado.

Não esqueça de focar em gastos como hospedagem e alimentação, que são os principais. Fazer uma listinha pode ajudar, então sem preguiça, anota tudo meu querido!

Uma bagagem simples é mais que suficiente

O crucial de como fazer um mochilão é levar só o essencial. E não, aquela sua calça de brim cor caqui que você só usou uma única vez na vida não é essencial!

Tenha em mente que é muito mais barato lavar as próprias roupas e reutilizá-las do que levar um montão e não usar mais da metade.

Por isso arrume a mala com roupa suficiente pra uma semana, independente de quanto tempo você for ficar viajando.

Outra dica de ouro é arrumar a mala com muita antecedência. Isso evita que você coloque coisa desnecessária dentro da mala e fique mais fácil lembrar das realmente necessárias, como documentos, remédios e itens pessoais.

E nada de fazer do mochilão uma corrida espacial. Você não está competindo com ninguém, é pra ser uma viagem calma e tranquila.

Então entenda que pode ser que você não consiga fazer todos os passeios que planeja ou ver tudo que quer, é sobre isso e tá tudo bem!

O importante é você se divertir e guardar boas memórias dessa viagem!

Veja também: Como se preparar para viajar de avião

movie cars como fazer um mochilão
Movie Cars em Foz do Iguaçu || cedida pelo atrativo

Como fazer um mochilão? || Conclusão

E aí? Já tá expert em como fazer um mochilão? Qualquer dúvida comenta aí em baixo que vai ser um prazer te responder.

Aproveita e dá uma olhadinha nas outras matérias do nosso blog. Lá tem muita coisa bacana pra você!

Passa lá nas nossas redes sociais e segue a gente, assim você fica por dentro de todas as novidades da fronteira.

E se estiver procurando um hotel econômico e descomplicado, o Pop Hotel é a melhor opção.

A Dhara Fabricio amou a experiência que teve conosco aqui na cidade de Foz do Iguaçu. Dá uma olhadinha no que ela publicou no Instagram clicando aqui!

Um enorme beijo e até breve.

Veja também: Dez motivos para se hospedar no Pop Hotel

Por Arielle Farias

ponte tancredo neves reabertura

Ponte Tancredo Neves anuncia data de reabertura || Notícias Pop

ATUALIZAÇÃO DE ÚLTIMA HORA

A Argentina antecipou a reabertura da fronteira. Confira abaixo as exigências do país vizinho:

Dia 27/09: entrada dos turistas sem necessidade de isolamento.

Observações: necessário apresentar comprovante de vacinação completa, cuja segunda dose deve ter sido feita no mínimo 14 dias antes da chegada no país, e teste negativo PCR realizado em até 72h. Além disso, é necessário que a pessoa tenha permanecido no Brasil nos últimos 14 dias antes da entrada da argentina.

Dia 01/10: entrada permitida no país pelo Aeroporto Internacional das Cataratas do Iguaçu.

Observação: a reabertura de aeroportos é um teste restrito apenas a cidade de Puerto Iguazú. A partir do dia 1° de novembro está prevista uma ampliação dessa abertura aérea.

Você ficou sabendo da abertura da Ponte Tancredo Neves? Então peue um cafezinho e se arrume, pois hoje o assunto é a fronteira com a Argentina!

Muita gente vem pra Foz do Iguaçu não somente parar visitar os atrativos da cidade, mas também para dar um pulinho do outro lado da fronteira, seja no Paraguai ou na Argentina.

No entanto, essa travessia para o lado argentino andava impedida devido a pandemia de Coronavírus, que mantinha as fronteiras fechadas para evitar o avanço da contaminação.

Mas para a alegria de todos e bem geral da nação, a ministra da Saúde da Argentina, Carla Vizzoti, nos deu uma ótima notícia: a ponte Tancredo Neves está prevista para abrir, e já tem data e tudo!

Bora saber mais?

Ah, aproveita e dá uma olhadinha nessa matéria sobre passeios em Foz do Iguaçu!

ponte tancredo neves cataratas lado argentino
Cataratas Lado Argentina || Cedida pelo atrativo

Como está o outro lado da Ponte Tancredo Neves?

Antes de começar, vamos entender um pouco como está a situação na Argentina e se é seguro atravessar a fronteira agora.

Durante a pandemia, nossos vizinhos argentinos tiveram um impacto enorme em áreas como turismo e gastronomia. Cerca de 20% dos estabelecimentos fecharam durante a pandemia.

Foram dias difíceis, amigos, mas a situação finalmente caminhou para uma melhora.

Mesmo com um início lento na campanha de vacinação, a Argentina já conseguiu administrar uma base de 49 milhões de doses e os casos de morte finalmente caíram radicalmente.

O país hoje conta com cerca de 43,7% da população 100% imunizada.

Ou seja, o outro lado da ponte Tancredo Neves conseguiu vacinar, até esta terça, 29.070.378 pessoas com a primeira dose, e desse total, 20.324.371 já receberam a segunda dose.

Veja também: Turismo de saúde em Foz do Iguaçu em 2023

Sobre a reabertura da Ponte Tancredo Neves

Agora que você já sabe que é seguro atravessar a ponte Tancredo Neves, bora saber certinho como isso vai funcionar.

Nossos hermanos divulgaram na terça-feira do dia 21 que pretende afrouxar as restrições à pandemia.

Dentre essas restrições estão o uso obrigatório de máscara em espaços de ar livre e a permissão da volta das atividades comerciais.

De acordo com a queridíssima ministra Carla, a previsão é de que, depois que mais de 50% da população argentina estiver com as duas doses completas, os turistas imunizados não tenham mais que realizar quaisquer testes assim que chegarem ao país.

A abertura da ponte Tancredo Neves vai impactar diretamente a cidade de Puerto Iguazú, ligada ao Brasil por meio de Foz do Iguaçu. Afinal, a ponte está fechada desde 2020.

Quer saber certinho sobre as datas e medidas de segurança? Continua lendo essa matéria que a gente vai falar sobre isso agora!

Veja também: Saiba tudo sobre seguro de viagem

Calendário de reabertura da Ponte Tancredo Neves

A abertura oficial da ponte está prevista para o dia 1 de Outubro, mas antes disso alguns estrangeiros já podem cruzar a fronteira.

Se você for argentino, residente ou estrangeiro que cruza a ponte a trabalho e tenham autorização da autoridade migratória, você poderá atravessar a ponte já no dia 24 de Setembro.

A partir do dia 27 de Setembro, estrangeiros de países vizinhos, dentre eles o Brasil, poderão cruzar a ponte Tancredo Neves, contanto que siga os protocolos pré estabelecidos pela própria Argentina.

Acontece que no dia 27 começará o teste-piloto e apenas no dia 1 é que os turistas, estrangeiros de qualquer país, poderão visitar o país sem exigência de isolamento.

A abertura acontecerá por meio de fronteiras terrestres, com corredores seguros e aprovados pelas autoridades sanitárias. A quota será definida por cada governador.

Durante o mês de Outubro, será aumentado progressivamente a quota em todos os corredores, aeroportos, fronteiras terrestres e portos.

Veja também: Lugares para visitar na América Latina

ponte tancredo neves vacinação
Imagem ilustrativa || Via Unsplash

Medidas de segurança

Mas Pop, quais são as medidas sanitárias para atravessar a ponte Tancredo Neves? Vamos falar delas agora mesmo!

De acordo com o governo argentino, para atravessar a fronteira será preciso apresentar a carteira de vacinação, com as duas doses, sendo a segunda aplicada em um período maior que 14 dias.

Além disso, será necessário apresentar um teste, o chamado PCR, negativo emitido em até 72h antes no momento do desembarque ou um teste rápido no ponto de ingresso, isso pode variar de autoridade para autoridade.

Quem não apresentar a carteirinha com as duas doses, mesmo que seja menor de idade, deverá obrigatoriamente fazer quarentena, testar para antígeno assim que entrar e, até 7 dias, fazer um teste de PCR.

O número de viajantes liberados para entrar em solo argentino ainda não foi liberado, mas a previsão é que esse limite seja aumentado gradativamente.

O que fazer na Argentina?

Agora que você já sabe o que precisa fazer para atravessar a ponte Tancredo Neves e se esbaldar na Argentina, que tal uma listinha do que dá pra fazer daquele lado da fronteira?

Antes dá só uma olhadinha nos documentos necessários para entrar, não só na Argentina, mas também no Paraguai.

Cataratas Lado Argentino

Se o lado brasileiro das Cataratas já é uma vista de tirar o fôlego, imagina as Cataratas Argentinas, que é maior ainda!

São cerca de 67.000 hectares, que levam quase dois dias de visita. Inclusive, é daquele lado que está localizada a maior queda das Cataratas, a Garganta do Diabo com seus 80m de altura.

Sabia que foi aqui que ocorreu a Lenda das Cataratas? Se liga nessa matéria e descubra a história da lenda mais famosa da região.

O Parque Nacional do Iguazú está localizado bem ao norte da Província de Missiones, em Puerto Iguazú.

A nossa dica é validar o ingresso na bilheteria, para que você consiga pagar apenas 50% do valor no segundo dia de visita.

O parque funciona diariamente, das 8h às 18h e a entrada só é permitida até as 16h30.

Madero Tango

Que tal uma noite inesquecível com uma culinária típica da Argentina e muito tango do outro lado da ponte Tancredo Neves?

O Madeiro Tango é um restaurante com um luxuoso teatro e uma comida de dar água na boca.

São cerca de 25 artistas e pratos que trazem o melhor da gastronomia local, com carnes e vinhos tipicamente argentinos.

Ele está localizado próximo ao cassino, que inclusive é nossa próxima parada!

Casino Iguazu

Aqui pode ser ilegal, mas lá do outro lado da ponte Tancredo Neves a jogatina é totalmente liberada.

E para aproveitar isso, que tal dar uma passadinha em um dos melhores cassinos da América Latina, o Casino Iguazú?

O cassino é anexado ao Iguazú Grand Hotel e conta com restaurantes, bares, show ao vivo e uma variedade de jogos e torneios com prêmios.

A entrada é gratuita e o local abre de segunda a sexta, das 14h às 04h (até às 05h na sexta), e aos sábados e domingos das 12h às 05h no sábado e as 04h no domingo.

Duty Free

Outra coisa bacana de se fazer do outro lado da ponte Tancredo Neves é dar uma passadinha no Duty Free.

A Argentina em si já é famosa pelas feirinhas e ganha uma característica a mais em se tratando das lojinhas de departamento.

Trata-se de um shopping climatizado com várias lojas de produtos diferentes.

É ótimo para fazer umas comprinhas ou quem sabe só dar um passeio em uma tarde de sábado. Sem contar no estacionamento, que é gratuito.

Ele abre todos os dias, das 10h às 21h.

Veja também: Onde comprar ps5 no Paraguai?

the argentine experience ponte tancredo neves
The Argentine Experience || Cedida pelo atrativo

The Argentine Experience

Este ainda não é certo que vá abrir junto com a fronteira, mas vale a pena já ir divulgando.

É uma experiência única para quem adora cozinhar – e pra quem gosta de comer também!

O Argentine Experience trata-se de um restaurante muito agradável, onde você come o que você mesmo prepara!

É uma viagem a culinária da fronteira, com drinks muito gostosos, missões culinárias fantásticas e, é claro, muitas novas amizades.

E vamos combinar, depois de todo esse tempo, novas aventuras é tudo que a gente precisa!

Ponte Tancredo Neves || Conclusão

E aí, o que achou de saber sobre a reabertura da ponte Tancredo Neves? Nós adoramos te contar e estamos ansiosos para matar a saudade da Argentina.

Já que você leu até aqui, dá uma passadinha lá no nosso blog e confere algumas matérias super maneiras sobre turismo e lazer!

Aproveita e dá uma passadinha nas nossas redes sociais, lá tem muita novidade quentinha pra você!

Não esquece que, se vir pra Foz, vem se hospedar com a gente. Ah e faz como a Dhara Fabricio e publica uma fotinho marcando a gente! Vamos adorar saber como foi sua experiência na cidade.

Um cheiro e até a próxima!

planejamento de viagem

Planejamento de Viagem || Aprenda a planejar as férias dos sonhos

Até mesmo o mais sábio dos viajantes sabe: fazer um planejamento de viagem nem sempre é fácil.

É por isso que demos uma de mestre dos magos e viemos aqui te dar algumas dicas douradas de como planejar a viagem dos sonhos!

Então levanta dai, vai buscar um bloquinho de anotações e uma caneta e bora que o Pop Hotel vai te dar uma força!

planejamento de viagem cataratas
Cataratas do Iguaçu restaurante Porto Canoas em Foz do Iguaçu || Cedida pelo atrativo

Planejamento de Viagem || Pra onde vamos?

Então, meu caro amigo viajante, para onde vamos?

O primeiro passo para começar um planejamento de viagem é escolher um destino. E se você, assim como eu, tem muita indecisão, eu tenho algo que vai te ajudar.

Basta responder pequenas perguntas como se você quer sair do país ou não, se quer um lugar com um clima especifico e etc.

Vá listando todos os lugares que você gostaria de visitar, e até mesmo os que você já foi e se encantou.

Aí é só decidir algumas coisas simples e já pode colocar o pé na estrada!

Para o caso de você não fazer ideia do destino da sua viagem, nós também temos a solução.

Na internet tem uma variedade de blogs com destinos legais e baratos para quem buscar viajar mas não sabe para onde.

Inclusive, temos aqui alguns blogs que podem te ajudar. Dá uma olhadinha:

» Lugares para viajar sozinho

» Destinos mais lindos do Brasil

» Quais os destinos mais baratos no Brasil?

Baixa temporada x Alta temporada

Outra coisa que planta uma certa dúvida na cabecinha de todo viajante na hora de fazer um planejamento de viagem é, certamente, qual época do ano é melhor para viajar?

Bom, é óbvio que algumas cidades são visitáveis o ano todo, entretanto, é sempre bom analisar a melhor temporada.

Se seu objetivo primordial é viajar com economia, opte por viajar nas baixas temporadas. Isso acaba deixando as passagens aéreas e de ônibus muito mais em conta, sem contar que a probabilidade de você pegar os pontos turísticos mais vazios é bem alta.

E cá entre nós, nessa época de pandemia, tudo que a gente mais quer é viajar com segurança.

Uma boa atitude a se ter também é pesquisar o clima da região que você pretende visitar. Você pretende pegar uma praia ou tudo bem andar de casaco pelas ruas? Aí fica a seu critério.

Mas vale ressaltar que verão nem sempre é sinônimo de alta temporada. Algumas regiões do Brasil, ou até mesmo de fora daqui, são mais visitadas em outras épocas do ano.

Gramado, no sul do país, por exemplo, se enche de turistas durante o inverno. Já cidades como Recife, ao norte e nordeste do país, costumam receber mais visitantes durante o verão.

E tem cidades, como é o caso de Foz do Iguaçu, que são visitáveis o ano inteiro. É claro que a cidade também possuí seus períodos de maior visitação, mas seja no calor ou no frio, a Terra das Cataratas se enche de turistas.

E por falar em Terra das Cataratas, você faz ideia de quanto custa um fim de semana em Foz do Iguaçu? Se sua resposta for não, dá uma olhadinha nessa matéria chuchu beleza sobre o assunto!

» Quanto custa um final de semana na Terra das Cataratas

Planejamento de Viagem || Organizar a viagem antes de organizar a mala

Depois de destino escolhido e pesquisas feitas, é hora da terceira etapa do nosso planejamento de viagem.

Calma, ainda não é sobre organizar a mala. Sei que está ansioso, caro viajante, mas vamos por partes.

Há coisas mais importantes para se fazer antes de tirar a poeira da mala que estava em cima do guarda-roupa, doidinha para ser usada novamente.

Borá lá saber quais são?

planejamento de viagem kattamaram 2
Passeio Kattamaram II em Foz do Iguaçu || Cedida pelo atrativo

Avalie os custos da viagem

Se existe algo que você vai precisar antes de colocar o pé na estrada é ter um controle dos gastos da viagem. Então pega lá o papel e a caneta e bora começar.

Ninguém quer ter que adiar uma viagem por falta de grana, não é mesmo? Mas, e aí? Tem como viajar gastando pouco?

Ora, meu jovem padawan, mas é claro que tem. E nós estamos aqui para te ajudar nisso.

Em partes, um planejamento de viagem requer análise de preços e orçamentos. Afinal, ninguém aqui tem a piscina de moedas do Tio Patinhas, então é preciso saber controlar bem os gastos e adaptá-los a sua situação financeira.

Comece vendo passagens aéreas ou de ônibus, opções de hospedagens com valor mais em conta e alguns passeios da região.

Aí é só anotar tudo e a média de valores que você pretende gastar.

Uma dica de ouro é pesquisar por passeios baratos ou até mesmo gratuitos do lugar que você pretende visitar.

Vale a pena já ir se antecipando e ir juntando uma grana pra viajar. Quer saber como? Clica aqui!

E se está pensando em vir para Foz do Iguaçu, dá uma olhadinha nessa matéria sobre passagens baratas para Foz do Iguaçu!

Você pode gostar de:

» Passeios Gratuitos em Foz do Iguaçu

E a saúde? Tá em dia?

Outra coisa também extremamente importante para se atentar antes de viajar é a sua saúde.

A saúde é o bem mais precioso que temos, e como ninguém aqui quer uma dor de cabeça no meio da viagem – literalmente ou figurativamente – é sempre bom fazer aquele check-up antes de cair no mundo.

Também tem a questão de que alguns destinos exigem a apresentação de uma carteirinha de vacinação ou um Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia, o CIVP.

Principalmente nessa época de pandemia, onde muitos países exigem também ao menos a primeira dose da vacina contra o Covid-19 e um atestado negativo ao vírus.

Já aproveita que você tá cuidando dessas coisas e dá uma olhadinha nos seus documentos. Alguns lugares exigem passaporte para cruzar a fronteira, por isso fique de olho nisso.

Mas calma, se você não tem passaporte, isso não quer dizer que você vai ter que cancelar sua viagem. Existem alguns países que não precisam de visto ou passaporte.

Eles só precisam que você esteja com a documentação em dia emitida a menos de 10 anos. Legal né?

Quer conhecer alguns países que não precisam de passaporte? Clica aqui!

Planejamento de Viagem || Monte um roteiro, vai precisar

Uma coisa que vai te ajudar e muito durante a sua viagem é montar um roteiro prévio.

Dá uma olhada em alguns sites de viagem ou agências de turismo para conhecer alguns passeios da região que você pretende visitar.

E tenha em mente que um planejamento de viagem não acaba assim que você fecha a mala. Pode ser que imprevistos aconteçam, então mantenha uma lista bem grande de atrativos.

Talvez você não consiga visitar todos, dependendo do tempo que você pretende ficar no local, mas vai ser bom para o caso de precisar trocar um passeio pelo outro por conta do tempo ou algum outro infortúnio.

Por isso pesquise bastante sobre restaurantes, parques, atrativos em geral da cidade desejada. Isso te ajuda até mesmo no controle dos gastos.

Planejamento de Viagem || Agora sim, bora arrumar a mala

Agora sim, meu caro viajante, pode pegar a mala guardada que estamos na reta final do nosso planejamento de viagem.

Mesmo que arrumar a mala seja uma coisa, a princípio, bem fácil de se fazer, ela pode enganar muita gente.

Saiba que ela só parece mesmo, pois arrumar a mala consegue se tornar um bicho de sete cabeças.

Mas não se preocupe, se você seguiu todos os passos acima, essa tarefa será como mamão com açúcar.

Tendo em mente o clima da região, a quantidade de dias que você vai ficar e os passeios que pretende fazer, é só ir ajeitando as roupas em cima da cama e selecionando as que vão com você.

É sempre bom fazer uma malinha de mão também, com uma muda de roupa reserva, para o caso de acontecer algo inesperado.

Aproveita para deixar um espacinho a mais na mala, pois alguns lugares são propicios para umas boas comprinhas. Um exemplo é Foz do Iguaçu que, por fazer frointeira com o Paraguai, é conhecidíssimo pelo comércio!

Quer mais dicas de como arrumar a mala? Clica aqui!

planejamento de viagem duty free
Duty Free em Shopping de Foz do Iguaçu || Cedida pelo atrativo

Planejamento de Viagem || Conclusão

E aí, meu caro viajante? Nós conseguimos te ajudar no seu planejamento de viagem? Esperamos que sim.

Não se esqueça de dar uma olhadinha no nosso blog! Lá tá cheio de matéria top pra você sobre o turismo em Foz do Iguaçu e região.

Aproveita e segue a gente nas redes sociais, assim você não perde nenhuma novidade pop no Pop Hotel. 😉

E se está pensando em vir para a Terra das Cataratas e quer economizar na viagem, pode apostar sem medo no Pop Hotel. O Raphael Lorranh adorou conhecer a cidade e nós amamos fazer parte disso!

Saca só a pub que ele fez sobre o passeio lá no Instagram!

Nós despedimos por aqui e até a próxima! 💕

parque das aves em foz do iguaçu

Parque das Aves em Foz do Iguaçu recebe certificação nacional em bem-estar animal

Você conhece o Parque das Aves em Foz do Iguaçu? E você sabia que eles receberam um certificado importantíssimo recentemente?

O Pop Hotel ama compartilhar boas histórias, ainda mais se for uma tão incrível assim!

Quer saber mais? Então vem com a gente, viajante!

Parque das Aves em Foz do Iguaçu || O que é?

O Parque das Aves é, atualmente, o segundo atrativo mais visitado da cidade, estando atrás apenas da nossa musa maior, as Cataratas do Iguaçu.

E você sabe o que de fato é o Parque das Aves em Foz do Iguaçu? Se sua resposta for não, sem problemas, meu amigo viajante, nós iremos te explicar tudinho!

Bora lá?

Bom, pra começar, o Parque das Aves é de extrema importância para nós e para a natureza. Vou te contar o porquê!

O Parque das Aves em Foz do Iguaçu é a primeira e única instituição, no mundo todinho, que foca na preservação das espécies de aves nativas da Mata Atlântica.

O objetivo do parque é colaborar para acabar de vez com a crise de conservação que aflige tanto nossas florestas quanto os animais que nela habitam!

Veja também: Parques em Foz do Iguaçu

parque das aves em foz do iguaçu borboletario
Visitante no Parque das Aves || Cedida pelo atrativo

História do Parque das Aves em Foz do Iguaçu

Como toda boa ação sempre há uma história por trás, com o parque não seria diferente.

Começou em 1976, com o relacionamento entre duas pessoas amantes de animais: Anna-Sophie Helene e Dennis Croukamp. Eles se conheceram em Namíbia, na África, e como lírio do deserto, o amor deles floresceu.

E junto desse amor, duas filhas lindas e… um papagaio?

Pois é. O casal ganhou um filhotinho de papagaio-do-congo, a quem apelidaram de Pumuckl. Este foi o primeiro de várias aves que a família trouxe para o quintal de casa.

Por volta de 1990 que a família se mudou para a Ilha de Man, no Reino Unido. Foi quando um amigo deles sugeriu que eles abrissem um parque de crocodilos em Foz do Iguaçu.

De nariz torcido e com uma ideia em mente, Dennis contradisse: Gosto de Aves. Então criaremos um parque de aves.

Em 1993, com uma edição de “Português em três meses” e o pequeno Pumuckl nos ombros, a família comprou cerca de 16 hectares ao lado do Parque Nacional e iniciaram a construção do que hoje conhecemos como Parque das Aves em Foz do Iguaçu.

O casal se desdobrou para cuidar das filhas e construir o parque, planejando tudo cuidadosamente para que nenhuma árvore nativa fosse derrubada. Gastaram todas as suas economias no parque e, graças a ajuda de diversas pessoas, o Parque das Aves em Foz do Iguaçu tomou forma no começo de 1994.

As primeiras aves chegaram através de doações ou emprestadas de outros zoológicos, além de alguns animais resgatados pelo Ibama. Algumas das espécies vieram até de outros continentes.

Neste mesmo ano, um amigo próximo da família, John Leggatt, veio para Foz a fim de ajudar no parque. Ele foi parte importante da fundação do Borboletário e até hoje ele continua com seu magnífico trabalho.

Em 7 de outubro de 1994 o Parque das Aves em Foz do Iguaçu foi oficialmente inaugurado.

Infelizmente em 1996, aos 70 anos de idade Dennis ficou muito doente e veio a falecer. Atualmente existe um memorial dedicado a ele no Viveiros de Aves de Rios e Mangues, seu lugar favorito do parque.

Anna teve que cuidar do parque, mas graças a uma equipe maravilhosa, ela nunca esteve sozinha.

Veja também: Curiosidades sobre os rios Iguaçu e Paraná

Trabalho do Parque das Aves

Quem visita o Parque das Aves em Foz do Iguaçu certamente sai encantado com o trabalho dos biólogos e cuidadores por lá!

Para se ter uma noção, o parque atua em diversos projetos de conservação de espécies ameaçadas de extinção. Uma dessas espécies é o mutum-de-alagoas, salvo da extinção pelo parque e reintroduzido a natureza depois de 40 anos.

Em 2010 o parque decidiu focar na conservação dessas espécies. A iniciativa veio depois da Dra. Carmel Croukamp, diretora geral do parque, ficar sabendo do desaparecimento da pombinha pararu-espelho.

Hoje, o Parque das Aves em Foz do Iguaçu trabalha com afinco no resgate de aves apreendidas do tráfico de animais silvestres, fornecendo um ambiente acolhedor e, quando possível, devolvendo-as a natureza, que é o seu lugar.

Dia após dia, o parque investe na pesquisa e na reprodução de espécies catalogadas em programas de conservação.

São mais de 1300 de mais de 130 espécies presentes Parque das Aves em Foz do Iguaçu.

Além desse trabalho lindo com as aves, e também alguns répteis como o jacaré-de-papo-amarelo, a sucuri-verde e a iguana, o parque dedica-se em educar crianças e capacitar educadores com o dinheiro arrecadado da venda de ingressos e dos produtos vendidos na lojinha, restaurantes e quiosques pelo parque.

Veja também: Roteiros para Foz do Iguaçu

parque das aves em foz do iguaçu
Arara-Vermelha || Cedida pelo atrativo

Parque das Aves em Foz do Iguaçu || Certificação

A mais recente conquista do Parque das Aves em Foz do Iguaçu foi o certificado nacional em bem-estar animal.

Essa é a segunda certificação que o parque recebe em menos de dois anos. A anterior foi no ano de 2019, quando o Parque das Aves se tornou o primeiro e único zoológico do Brasil internacionalmente acreditado pela Alpza – Associação Latino-americana de Parques Zoológicos e Aquários.

Mas o que é essa certificação? Pra que ela serve? Vem cá que eu te explico, viajante!

A certificação serve para assegurar que os processos realizados no parque garantem o bem-estar dos animais. No território brasileiro, apenas 10 instituições possuem esse certificado.

O processo estava travado desde 2019, por conta da pandemia do Coronavírus.

O responsável por averiguar os documentos do parque e dispor de uma assembleia para a tomada da decisão foi a Associação de Zoológicos e Aquários do Brasil, a AZAB.

Veja também: Os lugares mais lindos do Brasil

Importância da certificação

Há um tempo que os zoológicos e aquários mudaram sua postura em relação ao seu foco. Se antes eles atuavam em prol do entretenimento, hoje a prioridade é a proteção ambiental.

Para que eles continuem funcionando, é preciso se apoiar em quatro pilares importantes: a conservação, a pesquisa, o lazer e a educação ambiental.

Essa certificação da AZAB garante que essas instituições proporcionem cuidados aos animais do mais alto padrão.

A associação acredita que é agindo com essa excelência que os objetivos de conservação, pesquisa, lazer e educação ambiental serão atingidos.

Dentro dos requisitos para se conquistar o certificado estão:

» Um ambiente que estimule os animais;

» Um ambiente que dê apoio tanto aos animais quanto aos funcionários e ao público;

» Condições para oportunidades educacionais de aprendizado sobre conservação, priorizando o bem-estar animal e seus hábitos naturais;

» Capacitar os colaboradores para que consigam prestar os melhores cuidados possíveis aos animais;

» Manter número de animais não superior a capacidade de alcançar um elevado padrão de cuidado.

Veja também: Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu

Como foi o processo?

Antes de receber o certificado, o Parque das Aves em Foz do Iguaçu passou por um processo rigoroso de avaliação.

O processo começa com a visita de dois auditores que avaliam cerca de 111 itens em um dia de visita. Eles são avaliados como “aceitável”, questionável” ou “inaceitável”.

E para receber a certificação, o parque deveria ajustar e adequar qualquer que fosse o item indicado entre os dois últimos.

Os temas dos critérios exigidos incluíram nutrição, ambiente, saúde, comportamento, estado mental, registro de animais, saúde e segurança, instalações físicas e equipe.

Veja támbém: Refúgio Biológico – Nasce filhote de Gato-Maracajá

parque das aves em foz do iguaçu
Maracanã-Verdadeiro || Cedida pelo atrativo

Parque das Aves em Foz do Iguaçu || Conclusão

E aí, o que achou dessa notícia incrível? Acredito que todos estamos imensamente felizes pelo Parque das Aves em Foz do Iguaçu! Nós do Pop Hotel estamos muito animados para que você venha e visite esse lugar fantástico.

Botão de ingresso

Não se esqueça de seguir a gente nas redes sociais, assim você fica sempre por dentro de novidades incríveis, como essa!

Aproveita e dá uma passadinha no nosso blog, lá tem uma porção de matéria show pra você!

Se vier a Foz do Iguaçu e quiser visitar o Parque das Aves e outros atrativos da cidade, conte com o Pop! O Raphael Lorranh confiou em nós para ter uma viagem fantástica, dá uma olhadinha no que ele publicou no Instagram!

Um enorme abraço e nos vemos numa próxima!

Outras matérias que você pode gostar!

» História das Cataratas do Iguaçu

» 5 motivos para visitar a Terra das Cataratas

» Lugares para viajar sozinho

lugares para viajar sozinho

Lugares para viajar sozinho || 10 destinos para desbravar o Brasil sozinho

Procurando lugares para viajar sozinho? Vem com o Pop Hotel que a gente te mostra!

Viajar é sempre gostoso. Conhecer lugares, criar memórias, tudo isso é maravilhoso se feito a dois ou em família. Mas, você já pensou em viajar sozinho? Qual será a experiência?

Bom, viajar sozinho tem suas muitas vantagens, e a gente vai te mostrar quais.

Além disso, temos uma lista especial de lugares perfeitos para você viajar sozinho e aproveitar uma incrível jornada solo. Bora lá?

lugares para viajar sozinho foz do iguaçu
Marco das Três Fronteiras || Foz do Iguaçu

Lugares para viajar sozinho || Vantagens

Em primeiro lugar, antes de procurar lugares para viajar sozinho, é preciso saber como fazer isso.

E aí? Quais as vantagens? E desvantagens? Vamos te explicar tudinho, viajante. Então, só continua rolando a página!

A princípio, vamos começar com as vantagens, claro. Tudo para instigar os marinheiros de primeira viagem a partirem nessa aventura individual.

Veja também: 11 motivos para visitar Foz do Iguaçu

A escolha em suas mãos

Para quem viaja sozinho, uma das vantagens mais marcantes é, com certeza, escolher o que quiser.

Desde os lugares para viajar sozinho, até o roteiro de viagem, os navegantes solos podem decidir o que quiserem por conta própria.

Isso é ótimo para aqueles que costumam viajar em família ou em grandes grupos e as vezes não conseguem fazer as coisas que desejam.

Então, o principal diferencial é poder escolher a rota e os passeios que quer fazer, o que acaba sendo bastante divertido.

Conhecer novas pessoas e vencer a timidez

Outro ponto importante para quem escolhe viajar sozinho é que você sempre vai ultrapassar os limites da sua timidez.

Seja para pedir informação ou apenas ter alguém para conversar, antes de escolher lugares para viajar sozinho, você precisa ter em mente que vai conversar e ter muito contato com gente nova.

Por isso exercite sua desinibição e vai com tudo. Bate papo com a moça do cafezinho, com o senhor no metro, que seja. Seja o tagarela que você nunca foi antes, acredite, será uma das melhores experiências da sua vida.

Afinal, já dizia o ditado: quem tem boca, vai a Roma. Ou será que era vaia?

Veja também: Dicas para a primeira viagem de avião

Lugares para viajar sozinho || Cuidados

Calma lá, viajante! Eu ainda nem disse os cuidados que você precisa ter.

Antes de fazer qualquer coisa, é bom ter em mente que se preparar é a melhor opção. Nada vai cair do céu para você, então é preciso se ajeitar bonitinho para depois botar o pé na estrada sem preocupação.

Bora lá?

Junta tudo antes de começar sua jornada

Tenha em mente que, como você estará sozinho, precisa carregar consigo tudo que é muito necessário.

Mas Pop, eu já carrego comigo todos os meus documentos. Do que mais eu preciso?

Os documentos são muito importantes, sim, isso é inegável. Todavia outras coisas são estritamente indispensáveis e que podem te salvar de um pepino grandão.

Um exemplo é carregar consigo sempre uma maletinha de “primeiros socorros”. Não precisa sair por ai com uma maleta branca de cruzinha vermelha, mas opte por guardar na sua bagagem alguns remédios que podem servir de ajuda.

Às vezes alguma coisa não cai bem no seu estômago e você já tem aquele remedinho confiável no alcance da mão. Assim, você evita gastar mais ainda com medicação ou algo semelhante, além de não precisar sair de casa para ir a uma farmácia próxima.

Sem contar que, como você está sozinho, fica muito difícil ir comprar um medicamento ou curativo e muito mais pedir para alguém trazer.

Veja também: Destinos baratos para visitar no Brasil

Prepare-se bem

Antes de sair fazendo listinha de lugares para viajar sozinho, avise algum familiar ou amigo próximo que você vai sair por aí.

Opte por estar em contato constante com algum parente, sempre informando seu itinerário. Isso evita uma dor de cabeça maior caso algum problema surja.

Além disso, verifique bem sobre os países ou cidades que você deseja visitar. Veja se há necessidade de vacinas ou restrições de algo antes de cruzar as fronteiras.

Principalmente nessa época de pandemia, muitos países exigem teste negativo para Covid-19 ou até mesmo um período de quarentena antes de entrar de fato no país. Evite surpresas, camarada!

Então, para garantir que sua viagem seja tranquila e sem possíveis imprevistos, mantenha um seguro viagem bom e a saúde em dia!

10 Lugares para viajar sozinho

Agora, sem mais delongas, vamos ao nosso top 10 lugares para viajar sozinho. Pode soltar a playlist de viagem, DJ!

lugares para viajar sozinho foz do iguaçu
Cataratas do Iguaçu || Foz do Iguaçu

1. Foz do Iguaçu

Seria até um pecado não começar com a nossa queridinha Foz do Iguaçu, né? E acredite, é um ótimo lugar para viajar sozinho.

Comece visitando a nossa maravilha da natureza, da qual temos muito orgulho: As Cataratas do Iguaçu!

Quem vem a cidade não consegue escapar de dar um visitinha as quedas onde habitam Naipi e Tarobá!

A propósito, você conhece a Lenda das Cataratas? Se não, acesse a História das Cataratas e aprenda um pouco mais sobre essa beleza fenomenal.

Outro lugar que você não pode deixar de ir é no Parque das Aves. Trata-se de um parque que faz um trabalho de salvamento e cuidado com espécies de aves nativas da Mata Atlântica.

São mais de 16 hectares de mata que abrigam mais de 150 espécies de aves. Muitas delas são resgatadas das mãos do tráfico de animais silvestres, e você pode contemplá-las bem de pertinho.

E Foz tem mais lugares assim, que protegem os animais e atuam em seus cuidados, outro deles é o Refúgio Biológico, que fica dentro do Complexo Turístico da Itaipu.

E você sabia que a Itaipu está dentre as 3 maiores usinas de hidreletricidade do mundo?

Além disso, Foz do Iguaçu tem muitos parques temáticos para visitar e se divertir. E você pode aproveitar para comer em alguma cafeteria ou lanchonete da cidade.

Dá uma olhadinha nessa matéria incrível sobre cafeterias em Foz do Iguaçu.

2. Recife

O segundo da nossa listinha de lugares para viajar sozinho é Recife, a fantástica capital Pernambucana.

Para os amantes de uma arquitetura antiga ou que gosta de saber a história das cidades que visita, nossa primeira sugestão é visitar o Bairro do Recife.

O lugar também é conhecido como Recife Antigo, e apesar de grande parte ter sido revitalizado, ele ainda conta com uma mistura de prédios antigos e construções feitas no surgimento da cidade.

Outro lugar ótimo para dar uma passadinha é o Museu Cais do Sertão. O museu apresenta a história do sertanejo através de exposições e salas temáticas, contando histórias e tradições desse povo, além de ser uma homenagem à Luiz Gonzaga.

Não é a toa que é o segundo lugar mais visitado de Recife.

Agora, que tal uma praia? A Praia de Boa Viagem é nossa parada de hoje, com suas piscinas naturais que se formam nas águas salgadas.

Lá você pode dar uma caminhada pela orla, andar de bicicleta, passar nos quiosques ou apenas observar os turistas aproveitando um dia gostoso de praia.

Veja também: Lugares mais lindos do Brasil

3. Cambará do Sul

Esta é para quem gosta de uma aventura na natureza, estilo Richard Rasmussen. Afinal, Cambará do Sul é conhecida como a terra dos cânions.

Nossa primeira parada é no Cânion Itaimbezinho, um dos mais famosos da cidade. Ele conta com uma estrutura boa de acesso, sendo integrado ao Parque Nacional Aparados da Serra. Ou seja, inclui enumeras vias de “trekking”, as caminhadas pelas áreas montanhosas.

Aproveite para seguir pela Trilha do Vértice e conhecer cachoeiras lindas.

Outro Cânion incrível é o Malacara, com suas piscinas naturais que lavam o corpo e a alma. A estrada da trilha ainda fica a mais ou menos 5km do centro do município de Praia Grande.

Além dos cânions, nossa dica é visitar algumas das cachoeiras ou rios, que são ótimos no verão. Faça uma caminhada pelos circuitos de cachoeiras e conheça algumas, como a dos Venâncios ou a do Nassucar, que são perfeitas para uma boa refrescada.

lugares para viajar sozinho fernando de noronha
Fernando de Noronha || Via Unsplash

4. Fernando de Noronha

Outra opção perfeita de lugares para viajar sozinho é a ilha magnífica de Fernando de Noronha.

Para fazer sua visita a cidade valer a pena, desfrute de um belíssimo nascer do sol em uma das muitas praias de lá!

Aproveite também para dar um mergulho na Praia de Sancho ou fazer uma trilha pela Baía dos Porcos, que te dá uma vista linda do morro Dois Irmãos.

Termine o dia indo ao Bar do Meio, localizado na praia de mesmo nome ao lado da praia de Conceição. Garantimos que a vista é linda e o pôr do sol é de tirar o folego.

Veja também: Como viajar gastando pouco?

5. Paraty

A cidade carioca Paraty é nossa próxima parada e vamos dizer porque vale a pena colocá-la na sua lista de lugares para viajar sozinho.

Quem visita a cidade costuma procurar os passeios de escuna pelas ilhas da região ou quem sabe passear de jeep pelas cachoeiras.

Outro passeio delicioso é caminhar pela orla das praias de Trindade, quem sabe ver o pôr do sol ou conhecer pessoas novas.

Inclusive, você sabia que Paraty, assim como as Cataratas, é considerada patrimônio natural da UNESCO? Em 2019 ela e a Bacia da Ilha Grande em Angra dos Reis foram consideradas patrimônio da humanidade.

Tá esperando o que pra conhecer?

6. Curitiba

Nosso próximo destino dos lugares para viajar sozinho é a capital paranaense, Curitiba.

E já em Curitiba, sua primeira parada, nobre cavaleiro solitário, é visitar o delicioso Jardim Botânico. Trata-se de uma estufa metálica, abarrotada de flores e vegetais de diversas espécies.

Você pode tirar um pedaço da sua tarde para fazer uma trilha pelo Jardim das Sensações e quem sabe conhecer o Museu Botânico, com espécies de referência mundial.

Conheça também o famoso museu Oscar Niemeyer e passeie um pouco pela Praça Tiradentes. E se quiser comprar alguns souvenires pra levar aos parentes que ficaram, de uma passadinha na rua 24 horas, uma galeria comercial situada bem ao centro da cidade.

Veja também: Países que não precisa de passaporte

7. Jericoacoara

Que tal um pouco de sombra e água fresca… Ou melhor, sol e mar!

Agora, nosso próximo escolhido na nossa lista de lugares para viajar sozinho é Jericoacoara.

Se tem algum passeio que você não pode perder assim que pisar na cidade é o famoso “Lado Leste”. Basicamente ele passa pelos principais pontos turísticos de lá.

Ou seja, em apenas um dia você passeia pela Lagoa do Paraíso, Lagoa Azul, Praia do Preá, Árvore da Preguiça e Pedra Furada.

Aproveite para reservar um buggy ou uma caminhonete adaptada. Quem sabe você não conhece um bom amigo no sacolejo da carroceria, hein?

lugares para viajar sozinho bonito
Bonito || Via Unsplash

8. Bonito

O que você acha de dar uma mergulhada agora? Então vamos para Bonito!

E quando chegar lá, não deixe de passar pelo Recanto Ecológico Rio da Prata. A beleza das águas vai te tirar dos eixos.

As grutas de Bonito também encantam os olhos. Tire um tempo para visitar a Gruta de São Miguel, a do Lago Azul e o Aquário Natural. São passeios maravilhosos que vale a pena conhecer.

A Nascente Azul também é uma alternativa cheia de atividades, dentre elas as tirolesas, a flutuação e a boia cross.

Veja também: Como juntar dinheiro para viajar?

9. Ouro Preto

Outra cidade histórica da nossa listinha é Ouro Preto.

Aproveite sua estada aqui para conhecer o parque que fica aos arredores da cidade, a Praça Tiradentes.

Quer um pouco mais de curiosidades? Siga para o Museu da Inconfidência, cujo o prédio no passado era ocupado pelas funções de Casa de Câmara e Cadeia.

Passe pela lindíssima igreja Nossa Senhora do Carmo, projetada pelo pai de Aleijadinho e depois modificada pelo artista.

O Teatro Municipal Casa da Ópera é mais uma opção para sair dos trilhos e conhecer lugares novos.

E quem sabe, terminar o passeio no restaurante Conto de Réis?

10. Jalapão

Por fim, nosso último lugar da lista de lugares para viajar sozinho é Jalapão, em Tocantins.

Estando na divisa da Bahia, Piauí e Maranhão, a cidade tem um cenário que parece que foi retirado de um filme.

São cachoeiras de águas cristalinas, como a Cachoeira da Velha, dunas alaranjadas e praias exuberantes.

Nossa dica é visitar o Cânion Sussuapara e dar uma passadinha na Prainha do Rio Sono. Quem sabe também ir ao Fervedouro Bela Vista durante a noite. Tenho certeza de que vai amar.

Veja também: Roteiro de viagem para Foz do Iguaçu

lugares para viajar sozinho unsplash
Recife || Via Unsplash

Lugares para viajar sozinho || Conclusão

O que achou da nossa matéria sobre lugares para viajar sozinho? Diz aí, já visitou algum deles? O que achou?

Não se esqueça de fazer uma visitinha no nosso blog e também seguir nossas redes sociais. Assim você fica sempre por dentro de postagens como essa!

Aproveita e vem pra Foz conhecer o Pop Hotel. Com ambientes super descomplicados e divertidos, o hotel tem tudo pra fazer da sua estada a melhor de todas.

Estaremos sempre de braços abertos, caro viajante!

Um enorme beijo e nos vemos por aí, viajante!

dreams park show

Complexo Dreams Park Show || O parque dos sonhos em Foz do Iguaçu

Você já conhece o Complexo Dreams Park Show? Se sua resposta for não, então embarca com a gente nessa aventura!

dreams motor show
Dreams Motor Show || Imagem por RE Assessoria

Complexo Dreams Park Show || Sobre o parque

Que tal conhecer um parque fantástico cheio de aventura? Foi pensando nisso que o Pop Hotel preparou essa matéria incrível para você!

Nosso destino é o parque mais irado de Foz do Iguaçu, o Dreams Park Show.

Mas, e aí Pop? O que é o Dreams Park Show?

Bom, trata-se de um complexo de atrativos, dentre eles museus e restaurantes, para toda família se divertir.

São 6 paradas obrigatórias, além de atrativos extras espalhados pelo complexo.

O Dreams Park Show existe há 7 anos, e como o próprio nome já diz, é um parque onde os sonhos se tornam realidade!

Complexo Dreams Park Show || Atrativos

Agora, sem mais enrolação, é hora de embarcar no nosso trem mágico, despertar a criança interior e conhecer todos os atrativos presentes no Dreams Park Show!

Museu de Cera

Desafivelem os cintos, pessoal, pois chegamos na nossa primeira parada: O Museu de Cera.

Que tal conhecer seu artista predileto? Ou quem sabe, bater um papinho com aquela figura famosa que já não está mais entre nós? Bom, talvez ela não te responda, mas dá pra tirar altas selfies.

No Dreams Park Show você consegue!

O Museu de Cera é composto de 17 cenários incrivelmente imersivos com personagens de todas as épocas e universos possíveis.

Você vai finalmente poder tirar fotos com o Homem-Aranha e quem sabe dar um alô para o Michael Jackson.

São mais de 100 figuras famosas entre artistas, personagens e até políticos.

Horário de Funcionamento: das 9h às 22h, todos os dias da semana.

museu de cera dreasm park show
Personagem E.T. no Museu de Cera || Imagem por RE Assessoria

Maravilhas do Mundo

Que tal dar uma de Pequeno Príncipe e dar a volta ao mundo em apenas alguns passos? Basta ir ao Dreams Park Show.

No Maravilhas do Mundo você viajar para vários lugares em poucos minutos. Você pode ver várias réplicas de monumentos famosos ao passo que vai caminhando pelo museu.

Além disso, você conhece um pouquinho da cultura desses lugares, além de ter um choque histórico incrível.

Em um passo você está na Alemanha moderna e em outro chega a Grécia antiga. Show, né?

São 50 cenários e réplicas de lugares ao redor dos 5 continentes. E você ainda pode se vestir como a Cleópatra ou conhecer o castelo da Cinderela.

Horário de Funcionamento: das 9h às 22h, todos os dias da semana.

Dreams Ice Bar

Nossa próxima parada é em um iglu no centro da Antártica. Bom, pelos menos é o que parece.

O Dreams Ice Bar é uma espécie de bar de gelo, que alcança baixas temperaturas. Mais precisamente 15°C abaixo de zero!

É uma experiência fora do comum, onde tudo lá dentro é feito de gelo: seja os balcões, as cadeiras, copos e até as paredes.

Logo na entrada eles entregam aos visitantes um par de luvas e um casaco bem quentinho.

Ah, e as bebidas são inclusas no valor do ingresso, okay?

Então prepare sua melhor roupa – sugerimos calça e sapatos fechados, para uma visita mais agradável – e bora pra essa aventura gelada no Dreams Park Show.

Horário de Funcionamento: das 10h às 22h, todos os dias da semana.

ice bar dreams park show
Dreams Ice Bar || Imagem cedida pelo atrativo

Vale dos Dinossauros

O Vale dos Dinossauros é outra parada sensacional para você e sua família. Mas dessa vez não vamos viajar ao mundo ou embarcar em temperaturas baixíssimas.

Dessa vez a nossa aventura é além dos limites do tempo. É nessa estação que regressamos milhões de anos, na era pré-histórica, onde os gigantes ainda habitavam o planeta terra.

Estou falando deles, os dinossauros. E lá tem bastante, hein!

São 30 animais espalhados pelo parque, com um cenário imersivo e adereços para tornar tudo mais legal. E as réplicas são em tamanho real e algumas até mecânicas.

Horário de Funcionamento: das 9h às 19h30, todos os dias da semana.

Dino Adventure

Ainda no Vale dos Dinossauros, você consegue fazer uma trilha um tanto diferente.

O Dino Adventure é mais uma atração do Dreams Park Show que vale a pena conhecer.

Trata-se de uma trilha suspensa de 60 metros, onde você caminha por entre os enormes pescoços dos gigantes jurássicos.

Na sequência, uma tirolesa irada te leva são e salvo para a terra firme, longe das garras desses carinhas raivosos.

Divertido, não é?

São quase 100 metros de pura adrenalina e de quebra você ainda tem uma vista linda do vale.

Atenção! Para fazer esse passeio, é necessário:

» ter mais de 1,2 m de altura;

» pesar menos de 95 kg;

» ter menos de 70 anos.

Horário de Funcionamento: das 10h às 18h, todos os dias da semana.

Ptero Food

E se toda essa aventura jurássica te der fome, basta fazer uma paradinha no Ptero Food.

Bom, não é carne de dinossauro, mas pode ter certeza que é a melhor culinária da sua vida.

Que tal um Ptero-Burguer para forrar o estômago? Ou um delicioso Risoto de Champignon para matar a sua fome de dinossauro?

Aproveita e peça uma deliciosa tubaína pra te acompanhar nessa refeição digna dos deuses.

E não é falácia não, dá uma olhada nesse delicioso hambúrguer de fazer até dinossauro ressuscitar para provar essa maravilha!

ptero food dreams park show
Ptero-Burguer no Ptero Food || Imagem por RE Assessoria

Horário de Funcionamento: das 10h às 17h, todos os dias da semana.

Dreams Motor Show

E que rufem os tambores, pois chegamos na nossa última parada: o Dreams Motor Show!

Gosta de motocicletas? E de um bom drink? Curte uma vibe mais América anos 50? Então o Dreams Park Show tem o lugar certo pra você.

Trata-se de um pub com decoração americana, bem aquelas que você vê nas lanchonetes hollywoodianas.

É também uma espécie de museu com as mais clássicas das motocicletas, além de motos exclusivas e customizadas para quem é fã de uma máquina das estradas!

Sem contar que você pode aproveitar um rockzinho enquanto está na companhia de quem você gosta, já que tem show ao vivo toda sexta e sábado, a partir das 19h.

O atrativo também realiza eventos… Assim, só jogando no ar para o caso de você querer que sua festa pareça um clipe famoso!

Agora só reúne os amigos e vem ver essa belezinha chamada Dreams Motor Show!

Complexo Dreams Park Show || Conclusão

Chegamos ao fim, meu caro visitante. E aí? O que achou da nossa matéria exclusiva sobre o Dreams Park Show? Comenta ai em baixo qual atrativo você mais gostou!

Não se esquece de seguir a gente nas redes sociais, meu jovem padawan, assim você fica por dentro de tudo que a gente publicar por lá!

Aproveita e dá uma olhadinha no nosso blog, pra encontrar mais matérias sobre Foz do Iguaçu e te atiçar a vontade de vir pra cá.

Se vir, não esquece que o Pop Hotel, junto da Go Iguassu, tá de braços abertos esperando pra tornar a sua viagem a Foz a melhor da sua vida!

Um grande abraço e que a força esteja com você!

Você pode gostar também:

» Parques em Foz do Iguaçu

» História das Cataratas do Iguaçu

» Playlist de viagem

o que fazer no frio

O que fazer no frio? || Dicas de passeios em Foz do Iguaçu

Se você está pensando em o que fazer no frio de Foz do Iguaçu, saiba que caiu no lugar certo!

Muita gente não gosta do frio porque acha que não dá para fazer nada. E acredite, isso está errado!

Em Foz do Iguaçu, por exemplo, você encontra diversos lugares para visitar durante o inverno.

Quer saber quais são os melhores? Vem com o Pop!

O que fazer no frio? || Atrativos para visitar

Muita gente que deseja viajar para Foz do Iguaçu se pergunta se vale a pena conhecer a cidade no frio. E eu lhe garanto que conhecer Foz em qualquer estação vale super a pena.

Começando que são muitos os atrativos e grande maioria é visitável o ano todo. Mesmo assim, preparamos uma lista maravilhosa do melhor para se fazer no frio em Foz do Iguaçu.

Veja também: Quanto custa visitar a Terra das Cataratas?

o que fazer no frio parque das aves
Parque das Aves || Imagem cedida pelo atrativo

1. Parque das Aves

Se você gosta de pássaros, esse é um ótimo lugar para visitar no frio.

O Parque das Aves é atualmente a única instituição no mundo todo que trabalha para preservar as espécies de aves nativas da Mata Atlântica.

Seu intuito é proteger espécies em extinção e cuidar de aves resgatadas do tráfico de animais. E hoje o parque conta com mais de 130 espécies de aves.

Além disso, o Parque das Aves trata de cuidar de algumas outras espécies, como répteis e borboletas.

É uma experiência única e imersiva de contato com a natureza, tendo em vista que algumas dessas aves estão soltas pelo parque!

O parque funciona de Terça a Domingo, das 9h às 16h.

Atenção: O Parque das Aves, assim como os outros atrativos de Foz, está funcionando com capacidade reduzida de 30%, ou seja, será necessário agendamento.

2. Complexo Dreams Park Show

O Complexo Dream Park é outro atrativo em Foz do Iguaçu que está atraindo turistas de todo o mundo.

É uma ótima dica de o que fazer no frio na cidade.

O Complexo Dreams consiste em um parque temático com 6 atrações.

Começaremos pelo Museu de Cera, que como o nome já diz, é um museu com personagens e artistas em cera.

Outra atração do Dreams Park é o Vale dos Dinossauros, que consiste em um parque com réplicas perfeitas e mecanizadas dos habitantes jurássicos do planeta!

E falando em dinossauros, você não pode deixar de dar uma passadinha no Dino Adventure. É um percurso de trilha e tirolesa por entre as réplicas em tamanho rela dos dinossauros. Vai perder?

Se seu sonho é fazer como o Pequeno Príncipe e dar a volta no mundo em 80 passos, seu destino tem que ser o Maravilhas do Mundo, um museu com maquetes e réplicas dos maiores e mais famosos monumentos ao redor do mundo.

Mas caso você tenha um gosto especial por motos e motocicletas, seu lugar é no Dreams Motor Show, um pub temático repleto de motos clássicas e com uma culinária sofisticada.

E por último, mas não menos importante, o complexo conta com um bar de gelo incrível para ir com a família e os amigos, o Dreams Ice Bar.

O Complexo Dreams está localizado na Av. Das Cataratas. Os horários de atendimento estão disponíveis na nossa aba de passeios.

o que fazer no frio dreams ice bar bar de gelo
Dreams Ice Bar || Imagem cedida pelo atrativo

3. Marco das Três Fronteiras

O Marco das Três Fronteiras é outro ótimo atrativo para se visitar durante o frio.

Trata-se de um monumento localizado na divisão entre os três países, Brasil, Argentina e Paraguai.

Além do monumento, o Marco possuí um espaço infantil, bancos para se acomodar, uma lojinha de suvenires e um restaurante cujo o nome homenageia o descobridor das Cataratas do Iguaçu, Cabeza de Vaca.

O Marco está localizado na Av. General Meira, Jardim Eldorado. Ele permanece aberto todos os dias, das 14h às 22h*.

*Atentar-se aos possíveis toques de recolher da cidade.

4. Complexo Turístico da Itaipu

Quer conhecer uma das maiores usinas de energia hidrelétrica do mundo? Vem visitar a Itaipu Binacional.

Além da Visita Panorâmica da Usina, o complexo turístico da Itaipu Binacional também possuí outros atrativos.

Um muito conhecido é o Ecomuseu, que conta toda a história da região da usina, antes e depois de sua construção. O museu conta com maquetes e fotografias antigas.

E se você gosta de animais, pode visitar também o Refúgio Biológico, um abrigo de animais que contribuí com a função da Itaipu de preservar e proteger o meio ambiente.

Além das mais de 50 espécies de animais, o refúgio protege também mais de 950 gêneros de plantas.

A Itaipu está localizada na Av. Tancredo Neves, Jardim Itaipu. Horários disponíveis em nossa aba de passeios.

5. Show Encanto Vermelho

O Show Encanto Vermelho é uma apresentação artística que acontece dentro do Blue Park.

É um show folclórico, totalmente mágico e encantador, que conta com muitos efeitos especiais, como luzes e pirotecnia.

Ele acontece de Terça a Domingo, das 19h às 22h30 e dura cerca de 1h40.

Quer ver o Show Encanto Vermelho e comer um delicioso jantar? Veja Encanto Vermelho: Jantar e Show

o que fazer no frio encanto vermelho show
Show Encando Vermelho || Imagem cedida pelo atrativo

6. Artesanato e Chocolate Caseiro

O Artesanato e Chocolate Caseiro Três Fronteiras é um espaço dedicado a chocolates e artesanatos, como o próprio nome já diz.

É uma das maiores lojas de artesanatos da América Latina. São mais de 4000 peças vindas de todos os lugares do mundo.

Além disso, os funcionários são muito atenciosos e o lugar em si é espetacular para um passeio da tarde.

Ou seja, uma ótima opção de o que fazer no frio!

O lugar está localizado na Av. Das Cataratas e funciona todos os dias, das 8h às 18h30.

Dá pra ir nas Cataratas no frio?

Até agora, na nossa lista de o que fazer no frio, nós ainda não citamos ela, a musa de Foz, Cataratas do Iguaçu.

Mas afinal, dá pra visitar as Cataratas no frio? Óbvio que sim!

As Cataratas são visitáveis o ano todinho, então não precisa se preocupar que elas estarão esperando por você em qualquer estação do ano!

Caso você não quiser se molhar, é só evitar a passarela principal, pois os turistas costumam ir nela justamente pela enxurrada de água. E confia na gente, aquela enxurrada lava a alma.

Mas caso você não esteja a fim de lavar a alma, pode visitar as outras passarelas sem qualquer problema.

O Parque Nacional também oferece capas de chuva para comprar, caso você queira se aventurar no pé das cachoeiras.

As Cataratas funcionam de Terça a Domingo, das 9h às 16h, e está localizado na BR 469, km 18.

Veja também: História das Cataratas do Iguaçu

O que fazer no frio? || Lugares para comer

Em se tratando de o que fazer no frio, comer uma boa comida deveria estar no topo da lista.

Com vocês, indicando lugares para comer no frio!

Veja também: Pizzarias em Foz do Iguaçu

1. Rafain Churrascaria Show

Que tal um bom jantar assistindo a um show de danças latino-americanas? No Rafain Churrascaria Show você tem!

Você pode apreciar um buffet maravilhoso enquanto o Rafain te oferece duas opções de shows dançantes: o Latino Americano e Iporã, que conta a lenda das Cataratas de maneira artística e impecável.

E se preferir, pode apenas apreciar o show ou apenas comer.

Ele funciona de Quarta a Segunda, das 19h às 23h, servindo almoço aos Sábados e Domingos (11h30 às 16h – Domingos abertos apenas para almoço).

O Rafain Churrascaria Show localiza-se na Av. Das Cataratas. Ingressos disponíveis na nossa aba de passeios.

2. Empório comArte

Em termos de o que fazer no frio, essa dica não podia faltar!

O Empório com Arte é o melhor lugar para unir arte com um bom café.

Possuí petiscos e drinks variados, chopp artesanal, além de opções veganas e vegetarianas.

O Empório está localizado na Av. Das Cataratas, na Vila Yolanda, 569.

3. Pop Art + Black Cat Café

A Pop Art + Black Cat Café é uma cafeteria vegetariana localizada no centro de Foz do Iguaçu.

Fica pertinho do hotel e oferece bolos, doces e sanduíches, além de bebidinhas quentes e frias.

Ou seja, é uma ótima pedida de o que fazer no frio!

A Pop Art fica na R. Edmundo de Barros, 257.

o que fazer no frio black cat café
Pop Art + Black Cat Café || Imagem cedida pelo atrativo

5. Chocolato

A Chocolato é uma chocolateria que oferece enumeras receitas para despertar seu paladar.

São bombons, trufas, barras, fudges e tudo que seu gosto por chocolate te permitir experimentar.

Você também pode levar pra casa mimos e presentinhos para quem você ama – isso incluí você!

A Chocolato fica localizada na R. Almirante Barroso, 1466 – Sala 5, no centro de Foz do Iguaçu.

6. Mr. Hoppy

O Mr. Hoppy é uma ótima escolha para quem quer devorar um delicioso hambúrguer artesanal na companhia dos amigos ou da família.

Além disso você pode desfrutar de um bom chopp enquanto joga papo fora.

Você pode achar o Mr Hoppy na Av. Paraná, 523, no centro de Foz.

O que fazer no frio? || Como é o inverno em Foz do Iguaçu?

Já diziam os filósofos contemporâneos Racionais, se está pensando em fazer um peão, pegue seu bobojaco e sua touca, porque faz 10ºC… Em Foz do Iguaçu, né!

Brincadeiras a parte, o clima frio em Foz costuma não passar da mínima de 12ºC e pode alcançar a casa dos 24°C.

Mas o frio mesmo costuma ser apenas no mês de julho e durante o período entre maio e agosto o clima fresco toma conta da cidade.

E também é bom trazer um casaco quentinho, já que durante uma ou duas semanas a temperatura pode cair agressivamente para a casa dos 2ºC.

Entretanto, o inverno ainda é uma das melhores épocas do ano para se visitar Foz do Iguaçu, já que é o período em que menos chove.

Ou seja, pode ficar despreocupado, pois o inverno costuma ser uma estação ensolarada e bonita em Foz do Iguaçu. E o que fazer no frio, com certeza, não falta aqui!

O que fazer no frio? || Conclusão

E então? Gostou das nossas dicas sobre o que fazer no frio? Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais que estarão aparecendo aqui em baixo.

Aproveita e dá uma passadinha no nosso blog, lá você encontra novidades e curiosidades sobre passeios em Foz do Iguaçu e afins.

Um enorme abraço!

Viagem para Foz do Iguaçu

Viagem para Foz do Iguaçu || Quanto custa visitar a Terra das Cataratas?

Que uma viagem para Foz do Iguaçu vale muito a pena, isso todo mundo já sabe. Mas, e aí? Quanto custa visitar a Terra das Cataratas?

Saiba que visitar Foz do Iguaçu não é lá muito caro não, hein.

Então pode ficar calmo, que gastar muito além da conta, depois de todas as dicas do Hotel Pop, vai ser praticamente impossível.

cataratas do iguaçu Viagem para Foz do Iguaçu
Cataratas do Iguaçu || Fotografia por Avant Produções

Viagem para Foz do Iguaçu || Passagem e estadia

Como Foz do Iguaçu é uma cidade turística, há diversos meios de viajar para cá, desde os mais baratos aos mais caros.

Se seu objetivo é ter uma viagem para Foz do Iguaçu tranquila, tudo que você precisa é pesquisar e comparar preços.

Mas a pergunta que ronda nossas cabeças é: qual o melhor meio de viajar para Foz do Iguaçu?

De ônibus ou de avião?

Analisar passagens para viajar é um bocado trabalhoso. Tudo depende da forma que você escolhe, com qual companhia você pretende fazer sua viagem a Foz do Iguaçu, etc.

Se sua escolha for viajar de avião, deve ter em mente que esse serviço costuma ser mais caro. Uma passagem para uma pessoa com destino a Foz do Iguaçu pode custar em media R$ 600,00.

Todavia, se seu desejo é ter uma viagem confortável e com mais economia, opte por viajar a Foz do Iguaçu de ônibus. O preço médio de uma passagem de ônibus é de R$ 200,00.

Apesar de não ser uma viagem tão rápida quanto de avião, o conforto pode ser até maior. Sem contar que viajar para Foz do Iguaçu de ônibus pode ser uma experiência ainda mais divertida, devido as paradas em cidades ao longo da estrada.

Que tal vir de Buser?

Outra ótima alternativa para economizar mais ainda em uma viagem para Foz do Iguaçu é o Buser.

O Buser é um serviço novo que vem ganhando nome e espaço ao redor do país.

Trata-se de um ônibus via aplicativo que realiza viagens interestaduais. Funciona como um serviço por aplicativos normal, como por exemplo o Uber ou a 99.

Com o Buser você pode economizar até 50% em passagens e ganha já um desconto de R$ 50,00 na primeira viagem!

O processo é muito simples, basta baixar o aplicativo no celular ou acessar o site buser.com.br. Depois você informa o local de partida, destino e datas de ida e volta, caso quiser.

O aplicativo se encarrega de mostrar todas as viagens disponíveis para o local selecionado e você pode pagar via cartão de crédito ou boleto bancário. Lembrando que se escolher a segunda opção, deve efetuar a compra com 72 horas de antecedência.

Viagem para Foz do Iguaçu bosque guarani
Bosque Guarani || Fotografia cedida pelo atrativo

Hotéis em Foz do Iguaçu

Outra pergunta que ronda nossa cabeça antes mesmo de pensar em como arrumar a mala é sobre qual hospedagem escolher.

Devido a grande gama de opções, escolher onde ficar acaba sendo uma dor de cabeça em tanto. Mas não tema, pois viemos te salvar.

Se pretende fazer uma viagem para Foz do Iguaçu, saiba que os preços de hospedagem da cidade não são nada custosos.

Para achar um hotel barato na cidade não é muito difícil. Um bom hotel pode custar por volta de R$ 100,00 a R$ 200,00 por pessoa.

A dica é preferir os pacotes de feriados e afins. Eles costumam ter mais vantagens por um preço menor.

Um exemplo é o nosso Pacote Dia das Crianças. Com ele você se hospeda no Pop Hotel, em apartamentos para até quatro pessoas, com café incluso.

O pacote inclui 2 diárias, transporte para o aeroporto, Cataratas e compras Paraguai, além de um ingresso para o Museu de Cera no Complexo Dreams. Tudo isso por R$ 256,33 em até 10x.

Sem contar que o Pop Hotel fica em uma localização privilegiada, bem no Centro de Foz do Iguaçu, perto de inúmeros pontos de comércio, o que ajuda a economizar na locomoção.

Veja também: Como escolher hotel pela internet?

Viagem para Foz do Iguaçu || Alimentação

Em quesito de comer barato, Foz do Iguaçu sai ganhando. Isso se dá devido à variedade de serviços gastronômicos que a cidade de Foz do Iguaçu oferece.

Muitos desses restaurantes ficam até mesmo próximos do Pop Hotel, o que já é um adendo para que você o escolha como hospedagem!

Tem para todos os gostos, seja comida vegetariana como no Black Cat Café ou Self Service como no Restaurante Barracão.

Então se sua preocupação é gastar muito com comida, pode relaxar, pois a faixa de um bom restaurante em Foz do Iguaçu é de R$ 30,00.

Quer dicas de restaurantes baratos? Veja este guia de onde comer barato em Foz do Iguaçu.

Viagem para Foz do Iguaçu || Passeios em Foz do Iguaçu

Se você pretende fazer uma viagem para Foz do Iguaçu, será quase impossível não fazer nenhum passeio.

Até porque Foz do Iguaçu é conhecida por ser morada de uma das maiores belezas naturais do mundo, as Cataratas do Iguaçu.

E alguns desses passeios podem ser custosos, devido ao grande número de visitantes por dia.

Mesmo assim, eles acabam saindo muito mais baratos se você comprar com agências de turismo. As vezes o desconto parece irrisório, mas quando você visita os atrativos com um grande número de pessoas, percebe que fez um ótimo negócio.

Algumas boas agências que o Pop Hotel tem confiança são a GoIguassu e a Combo Iguassu.

Elas priorizam o conforto e a segurança de seus clientes, o que faz toda a experiência se tornar inesquecível.

Também é um ótimo meio de se locomover em Foz do Iguaçu. Mas calma, falaremos melhor sobre isso em outro item.

museu de cera Viagem para Foz do Iguaçu
Museu de Cera no Complexo Dreams Park Show || Fotografia cedida pelo atrativo

Atrativos gratuitos

Se você quer viajar para Foz do Iguaçu, vai ficar feliz em saber que aqui existem muitos atrativos gratuitos e super legais.

Um deles é o Templo Budista e o Bosque Guarani. São ótimos lugares para levar a família e conhecer coisas novas.

Além disso, Foz do Iguaçu possuí vários espaços de lazer ao ar livre, como por exemplo, o calçadão da Av. Paraná.

Transporte e locomoção em Foz do Iguaçu

A locomoção em Foz do Iguaçu é algo bastante variado.

Além dos serviços de transporte por aplicativo, como Uber e 99, os ônibus circulam a cidade toda e podem te levar a qualquer atrativo.

Sem contar nos serviços de transporte da Combo Iguassu e da GoIguassu, que te levam ao atrativo desejado.

Você pode escolher alugar um carro, apenas para você e sua família, ou quem sabe dividir um transporte com mais pessoas. O preço sai bem barato e você aproveita o que há de melhor em Foz do Iguaçu.

Veja também: Como viajar barato?

Viagem para Foz do Iguaçu || Conclusão

Então caro viajante, gostou das nossas dicas de como fazer uma viagem para Foz do Iguaçu barata? Aproveita e siga a gente nas redes sociais e fique por dentro de todas as promoções.

Não se esqueça de acessar o nosso blog e descobrir matérias emocionantes sobre os atrativos da Terra das Cataratas.

E já reserva sua hospedagem com a gente, que o Pop Hotel reabre dia 1 de agosto, mais pop que antes!

Um beijo e até mais!

Matéria por Arielle Farias

Lugares para conhecer no sul do Brasil

Lugares para conhecer no sul do Brasil || 9 destinos imperdíveis

E, aí? Que tal alguns lugares para conhecer no sul do Brasil?

Que o Brasil é um lugar cheio de riquezas e maravilhas, isso é fato. Mas você sabia que o sul pode conter surpresas maravilhosas?

Foi pensando nisso que o Pop Hotel preparou essa listinha.

Que tal descer um bocado a rota e visitar 9 destinos imperdíveis no sul?

cataratas Lugares para conhecer no sul do Brasil
Cataratas do Iguaçu || Fotografia cedida pelo aplicativo

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Paraná

Começando de cima para baixo, vamos apresentar o nosso top 3 lugares para conhecer no sul do Brasil versão Paraná!

Foz do Iguaçu

Na minha terra tem cachoeiras onde canta o sabiá… Bom, talvez essa não seja a letra correta, mas não é uma mentira.

Foz do Iguaçu é conhecida mundialmente por ser palco de uma das 7 maravilhas da natureza: as Cataratas do Iguaçu.

As Cataratas com certeza não recebe o título de uma das belezas mundiais atoa. São 1.700m² de pura beleza e juntas formam um conjunto de 275 saltos, o mais alto deles atingindo 80m de altura.

Mas Foz do Iguaçu é muito mais que águas que caem de pedras – apesar de só isso já ser impressionante de se ver. A cidade tem também o famoso Parque das Aves, a única instituição no mundo que é voltada para o cuidado e conservação de aves naturais da Mata Atlântica.

Foz do Iguaçu conta com belezas naturais, os melhores hotéis e ótimos lugares para comer. É um dos destinos mais baratos no Brasil e um lugar que vale a pena!

O clima em Foz do Iguaçu é ótimo e as estações são bem definidas; quase nunca chove no inverno e no verão as temperaturas são ótimas para uma piscininha, amô!

Veja também: O que fazer em Foz do Iguaçu

Ilha do Mel

Que tal encontrar ruas de areia onde não há carros? Seja bem-vindo à Ilha do Mel.

Trata-se de uma rústica ilha onde o acesso é feito somente de barco. São 35 quilômetros só de praias, sendo a maioria selvagem. Logo, é possível ver muitos traços únicos da Mata Atlântica.

Cada praia conta com sua particularidade única; enquanto Encantadas é parada obrigatória dos jovens, Fortaleza fica praticamente deserta.

A caminhada à beira-mar te leva a uma construção onde você pode apreciar uma vista em tanto dos canhões históricos. Além disso, você pode visitar o Farol das Conchas, presente no outro lado da ilha.

De uma passadinha a praia de Fora das Encantadas para se encantar com a gruta que constantemente enche a imaginação dos ilhéus com lendas de sereias.

Veja também: Lugares mais lindos do Brasil

Cânion Guartelá

Você sabia que um dos maiores cânions do mundo fica pertinho da gente?

O Cânion Guartelá tem cerca de 30 quilômetros e é considerado o sexto maior do mundo. São paisagens lindas, com córregos e natureza para se esbaldar. A propósito, se você quer sossego esse é lugar certo, já que não há nenhum sinal de telefone por lá!

Melhor ainda, você não paga pelas trilhas, nem para tomar banho nos córregos. Também há muitas pousadas por perto, então você pode se hospedar em alguma delas.

O Cânion Guartelá fica a aproximadamente 9h de carro de Foz do Iguaçu.

Veja também: Como viajar gastando pouco?

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Santa Catarina

Florianópolis

A capital catarinense é uma das mais procuradas em se tratando de destinos baratos. É um ótimo lugar para quem procura paisagens naturais que encantam os olhos.

São em média cem praias espalhadas pela ilha costeira da cidade.

Sem contar nas outras atrações para conhecer, como museus, igrejas, teatros e monumentos que ficariam lindos em um cartão postal.

Veja também: 11 motivos para visitar Foz do Iguaçu

Blumenau

Cidadezinha colonizada por alemães, Blumenau encanta a qualquer um.

Com suas construções adoráveis e cervejarias impecáveis espalhadas pela cidade, Blumenau está na lista dos turistas que querem apreciar um pouco da cultura local.

Sem citar na Oktoberfest, a segunda maior do mundo, que trás a todos para uma viagem a Alemanha. Los geht’s! (Vamos lá!)

Veja também: Quais cuidados tomar ao viajar de avião na pandemia?

Balneário Camboriú

Balneário Camboriú é uma cidade linda, rodeada de mar e mata Atlântica.

Durante o dia você pode aproveitar o passeio de bondinho para admirar a cidade de cima e visitar as praias ao redor.

Bem como à noite, onde você pode ir a uma das muitas boates e pubs da região.

E não se esqueça de fazer uma visitinha ao Cristo Luz.

Veja também: Músicas para viajar

Lugares para conhecer no sul do Brasil ilha do mel
Balneáreo Camboriú || Fotografia via Unsplash

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Rio Grande do Sul

Caxias do Sul

Um dos destinos mais escolhidos para um bom vinho, Caxias do Sul é uma cidade que vai te encantar.

Além da visita das muitas vinícolas da região, você pode aproveitar para conhecer os museus, igrejas e casas históricas da região.

Aproveite para participar da Festa Nacional da Uva, evento que acontece no mês de fevereiro.

Veja também: Melhores vinícolas no Brasil

Gramado

Que tal dar uma passadinha na Serra Gaúcha?

Com paisagens de tirar o folego, Gramado é sede do concorrido Festival de Cinema. Lá você vai encontrar casinhas rústicas, jardineiras floridas com hortênsias e parques cheios de araucárias e pinheiro.

Mas é o inverno que movimenta a cidade, com seus festivais e névoas que chegam junto com o frio!

Veja também: Seguro de viagem

Cambará do Sul

Cambará do Sul é outra cidade charmosinha que encanta com seus grandiosos cânions, que alcançam facilmente seus 900 metros de altura e chegam a 7 quilômetros de extensão.

O mais famoso da região, cânion de Itaimbezinho, com seus lindíssimos paredões de 720 metros de altura e 6 quilômetros de extensão, fica em um parque com uma média de dez mil hectares, criado em 1958.

O parque foi criado com o intuito de proteger a formação natural, todavia, você pode passear por ele em uma das três trilhas disponíveis para o público: A Vértice, com 1,5 quilômetro, Cotovelo, com 6 quilômetros e a Rio do Boi, com 8 quilômetros.

Veja também: Vantagens em viajar na baixa temporada

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Quando ir?

Muitos buscam lugares para conhecer no sul do Brasil para aproveitar o frio. E de fato, este lado do país tende a ser mais geladinho que o resto.

Um diferencial é que a maioria das cidades do sul – para não dizer todas – não param sequer no inverno. Foz do Iguaçu, por exemplo, tem diversos passeios para o frio. Na verdade, grande parte desses passeios você pode fazer em qualquer estação do ano.

Mesmo assim, não venha ao sul imaginando que vai encontrar frio 100% do tempo. É uma região bastante procurada pela sua montanha-russa climática.

As temperaturas caem bastante, é verdade, com sua média de 20°C ao longo da estação fria. Todavia, elas também podem subir e chegar na casa dos 30°C durante o verão.

O sul é sim uma região de estações bem definidas, mas sempre lembre de checar bem como é o clima da cidade desejada antes de arrumar as malas.

ilha do mel Lugares para conhecer no sul do Brasil
Ilha do Mel || Fotografia via Unsplash

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Por que visitar o sul?

Ah, o sul. Eu sou suspeita para falar, mas o sul é uma terra linda e muito rica em tradições.

Com sua cultura fortemente influenciada pelos europeus, no sul ocorrem diversas festividades que levam adiante esses traços. Um exemplo disso é a Oktoberfest, um festival que ocorre no mês de outubro e que soleniza a tradição alemã, com suas roupas e típicas.

Mas não se engane, a região também desenvolveu sua própria cultura, absorvendo todo o aprendizado de povos regionais.

É imperdoável visitar o sul e não provar do delicioso Chimarrão, bebida quente feita com erva mate e água, ou um geladinho Tereré, também muito comum por aqui. Herança paraguaia, graças a fronteira!

Visitar o sul brasileiro é algo que todos deveriam fazer. É uma mistura de marcas culturais de encher os olhos e aquecer o coração!

Seja as praias ou os marcos históricos, os morros ou as cachoeiras magníficas, conhecer lugares no sul do Brasil é uma experiência única e inesquecível.

Lugares para conhecer no sul do Brasil || Conclusão:

E aí, amados turistas, gostaram da nossa matéria sobre lugares para conhecer no sul do Brasil? Eu particularmente amei escrever.

Não se esquece de passar no nosso blog e ver as outras matérias do Pop Hotel. Pode seguir a gente nas redes sociais também, assim você nunca perde nenhum post do blog e nenhuma novidade que postaremos por lá!

Quer vir pra Foz e não sabe onde se hospedar? Molezinha. Escolhe o Pop! Aqui a gente trabalha pelo conforto e felicidade dos nossos clientes. Não é a toa que a Milene Martins confiou na gente para fazer sua estadia ser a melhor possível. Dá uma olhadinha no que ela postou lá no Instagram, é só clicar aqui!

Um beijo na testa e até a próxima!