Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Parana

Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná

É quase impossível falarmos sobre o rio Iguaçu e rio Paraná, tão importantes para a cidade de Foz do Iguaçu, sem nos lembrarmos dos pontos turísticos que eles criam ao seu redor.

Você, com certeza já ouviu falar e visitou algum deles, se não, os dois!

Quem passa pela fronteira geralmente visita estes espaços, e depois surgem as curiosidades, principalmente sobre o Rio Iguaçu e Rio Paraná.

Por isso, vamos passar algumas informações bem legais que talvez você ainda não saiba, e aumentar ainda mais seu carinho por estes lugares.

Rio Iguaçu

O rio Iguaçu nasce do encontro do rio Iraí e do rio Atuba, na capital, Curitiba, e segue percorrendo todo o lado leste e oeste do estado, até se encontrar com o rio Paraná.

Uma das responsabilidades que esse rio ocupa, é o de formar uma das mais importantes bacias do Brasil. A Bacia do rio Iguaçu.

Ela abrange os estados do Paraná e Santa Catartina, além de áreas da província de Misiones. No estado do Paraná, ele cobre uma superfície de 57.329 km².

Agora me diz, você sabia que o rio Iguaçu é o mesmo rio das Cataratas do Iguaçu? E que a primeira pessoa a ver essa linda paisagem foi o conquistador espanhol Alvar Nuñes Cabeza de Vaca, a batizando de “Cachoeiras de Santa Maria”, por volta de 1542?

Essa beleza da natureza, muito representativa no município, é tratada por muitos moradores como “Quintal de Casa”, por serem filhos de uma cidade de beleza exuberante, mas as Cataratas Iguaçu já foram o quintal da casa de alguém, literalmente!

O uruguaio Jesús Val, recebeu as terras da Colônia Militar do Iguaçu, e foi o único dono do espaço por algum tempo.

Imagina só que privilégio, acordar todos os dias e dar de cara com essa vista?

Cataratas do Iguaçu - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Cataratas do Iguaçu | Foto: Parque Nacional do Iguaçu

Santos Dumont foi o responsável por fazer com que a Província do Paraná desapropriasse as terras, declarando-as de utilidade pública.

Em 1939, o Parque Nacional do Iguaçu foi criado, e em 1986 a UNESCO concedeu o título de Patrimônio Natural da Humanidade, e hoje abriga uma das 7 maravilhas da natureza, e um dos pontos turísticos mais visitados do mundo.

A beleza pode ser vista também por um lado “hermano”, a 18 km de Puerto Iguazú, na província de Missiones, na Argentina.

Criado 5 anos antes do Parque Nacional Brasileiro (1934) o Parque Nacional Iguazú foi Declarado Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO em 1984 (2 anos antes do lado brasileiro).

As Cataratas na Argentina possuem 80% das quedas d’água, e assim como do lado brasileiro, atraem visitantes de todo o mundo.

Quedas e vazão d’água

As Cataratas do Iguaçu são formadas por 275 quedas d’água de até 80 metros de altura, mas, esse número de quedas varia de 150 a 300, dependendo da vazão do rio.

A cima das cataratas, o rio Iguaçu mede 1.200 metros de largura, depois de percorrer 1.320 km no leste-oeste. Sua vazão média é de 1.500 m³/s.

Em épocas de cheia, a vazão chega a 6.500 m³/s, e em épocas mais secas, cai para 300 m³/s.

Seu sistema de quedas d’água é o segundo maior de todo o mundo, ficando atrás somente das Cataratas do Niágara.

Passando deste percurso, as águas volumosas, muito apreciadas nas passarelas do Parque, mais à frente, encontram as águas do rio Paraná, formando uma Foz, originando o nome desta cidade tão linda e acolhedora como Foz do Iguaçu.

Rio Paraná

Rio Paraná, significa “como o mar” ou “parecido com o mar”, em Tupi.

Ele é o segundo maior rio da América do Sul (em extensão), sendo superado apenas pelo rio Amazonas e é o décimo do mundo em vazão de água.

Seu nascimento, parte da união dos rios Grande e Paranaíba, entre os estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e São Paulo.

Além de ser divisa de estados, marcando o limite entre Brasil e Paraguai, até chegar no rio Iguaçu, onde os dois se unem na tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina, ele também tem os rios Tietê, Paranapanema e Iguaçu como seus principais afluentes.

Ao sul da tríplice fronteira, o Paraná separa o Paraguai da Argentina, se unindo ao rio Uruguai para formar o rio da Prata, dá nome a uma importante bacia. A Bacia do Prata, que é a quarta maior do mundo, com 3.190.000 km2.

Ponte Internacional da Amizade - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Ponte Internacional da Amizade | Foto: Avant Produções

Foi em suas margens que os paraguaios foram derrotados, ao enfrentar tropas brasileiras e argentinas, na Guerra do Paraguai, que aconteceu entre 1864-1870.

Neste rio, inicialmente estavam as Sete Quedas, uma grande atração turística do rio Paraná durante muitos anos.

O que aconteceu com as Sete Quedas?

Foi em outubro de 1982 que as maiores cachoeiras do mundo em volume d’água do mundo deixaram de existir.

Já imaginou quanta água? As cataratas do Niágara, que hoje ocupam a maior posição no ranking de cachoeiras com volume d’água, tem apenas metade desse volume.

Uma curiosidade sobre as quedas, é que, mesmo tendo sete em seu nome, o local era composto por 19 saltos, agrupados em sete grupos, dai a origem de seu nome.

Usina de Itaipu

Para a criação da Usina, além das Setes Quedas, foi inundada também uma área equivalente a 135 mil hectares.

As pessoas que viviam na região, indígenas e não indígenas, tiveram que ser removidas para outras áreas.

A construção da Usina aconteceu ainda durante a ditadura militar, em um acordo entre o Brasil e o Paraguai, responsável por aumentar o potencial energético do Brasil, e o desenvolvimento do país.

Itaipu Binacional - Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná.
Lago de Itaipu | Foto: Itaipu Binacional

Reconhecida por seu trabalho de produção de energia limpa e renovável, a Itaipu Binacional usa as águas do rio Iguaçu para produzir energia, garantir empregos, movimentar a economia e atrair turistas de todo o mundo.

É a bacia do Rio Paraná que abastece o reservatório de Itaipu Binacional, e abrange seis estados brasileiros e o Distrito Federal.

Você sabia que grande parte da bacia do Rio Paraná já foi ocupada por florestas tropicais e subtropicais? Com o desmatamento das últimas décadas, pouco sobrou desta vegetação natural, mas ainda existem pontos de muita riqueza natural.

Com uma extensão de 4.800 km, o rio é reconhecido também por marcar o cenário das pontes que ligam as fronteiras, e são elas a Ponte Internacional da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai, e a Ponte Internacional da Fraternidade, que liga o Brasil à Argentina.

Conclusão | Curiosidades: Rio Iguaçu e Rio Paraná

Aprender sobre um lugar é sempre bom não é? Ainda mais se forem pontos turísticos, que você pode visitar ou já visitou.

Esperamos que essa matéria, com algumas curiosidades sobre o Rio Iguaçu e Rio Paraná tenham sido úteis e esclarecedoras.

Para saber mais sobre os atrativos, leia essas matérias aqui: Conheça as incríveis Cataratas de Foz do Iguaçu! | Pop Hotel

Quais são as cachoeiras mais bonitas do Brasil? | Pop Hotel

Itaipu Binacional está concorrendo a prêmio latino de turismo responsável!

Siga nossas redes sociais <3

Créditos das fotos da matéria e capa do post: Canva Pro. | Edições: Maria Leithardt.
Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira

E, aí. Você conhece algum dos passeios gratuitos de Foz do Iguaçu? 

Que Foz é uma cidade linda, isso todo mundo já sabe!  

Inclusive, muitos turistas vêm até a fronteira à fim de ver uma das maiores belezas naturais do mundo: as Cataratas do Iguaçu.  

E assim como as Cataratas, Foz exibe uma variedade de atrativos pagos que são dignos de se ver.  

Mas e pra quem quer gastar pouco, qual a sugestão? 

Foi pensando nisso que o Pop Hotel decidiu reunir alguns atrativos de entrada franca em Foz do Iguaçu nessa matéria.  

Borá lá? 

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Guia turístico  

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa | Via Unsplash

1- Cognópolis 

Você já se pegou tendo pensamentos metafísicos aristotélicos sobre a consciência e tudo que a cerca? 

Ou melhor, você é o tipo de pessoa que frequentemente contempla a existência da consciência humana? 

Se sua resposta for um grande aceno de cabeça em concordância, então você vai gostar do primeiro passeio gratuito da nossa lista.  

Cognópolis é o maior centro global de estudos da consciência e suas inferências nos destinos individuais e coletivos das pessoas.  

São mais de 4 mil voluntários que trabalham escrevendo a maior enciclopédia coletiva do mundo e realizando outras atividades que chamam a atenção de pesquisadores e visitantes do mundo todo.  

O Bairro de Cognópolis é conhecido popularmente como Conscienciologia, e foi fundado em 2009, ocupando uma área de 7 milhões de m². 

Uma parte desse bairro é ocupado por 24 instituições, dentre elas o CEAEC – Centro de Altos Estudos da Conscienciologia.  

Outra parte possuí áreas de preservação, mais 11 condomínios residenciais e 35 laboratórios.  

Além disso o lugar possuí estrutura de lazer e eventos diversos, dentre elas o hotel Mabu Interludium Iguassu Convention, localizado bem em meio a área verde e que recebe em sua maioria pessoas que vão aos cursos no CEAEC. 

Os principais atrativos do lugar são o Tertuliarum, um plenário em forma circular onde ocorrem debates diários sobre os assuntos estudados por lá. 

A Aleia dos Gênios, um trajeto com mais de uma centena de torsos de personagens históricos ligados à ciência e ao conhecimento.  

E o Holociclo, casa do maior acervo de livros sobre parapsiquismo, além de quase um milhão de peças em mais de 300 coleções relacionadas ao conhecimento e uma das maiores gibitecas do continente. 

Alguns outros atrativos de Cognópolis: 

> Biblioteca pública  

> Teatro-Auditório multiuso (coberto), para 700 pessoas  

> Palco para eventos ao ar livre, para até 10 mil pessoas  

> Sala de leitura com acesso à internet  

> Sala de exposição permanente Juscelino Kubitschek 

> Sala de exposição permanente Oscar Niemeyer  

> Sala de exposição multicultural 

> Salas multiuso 

> Holoteca com exposições permanentes e itinerantes 

> Previsão de área para futuras ampliações da Holoteca 

Veja também: Lugares para descansar a mente em Foz do Iguaçu 

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira imagem ilustrativa
Imagem Ilustrativa | Via Pexels

2- Gramadão Vila “A” 

Se você quer uma grande área verde para passar uma tarde gostosa com a família, o Gramadão é a escolha certa.  

Com 8 mil m², o espaço pertence a Itaipu Binacional e é cuidado pela mesma.  

Devido a isso, o espaço é uma enorme grameira bem cuidada no centro de um dos maiores bairros de Foz do Iguaçu.  

O local possuí uma concha acústica para apresentações, banheiros e bancos diversos para os visitantes.  

Atualmente, o Gramadão recebe diversos trailers de comidas variadas espalhados ao redor do local, além da típica feirinha que ocorre por lá no fim da tarde.  

O local serve também de sede para inúmeras comemorações por parte da Itaipu e todos os anos no mês de maio ocorre a famosa “Festa Maina” em homenagem a São João.  

É um dos passeios gratuitos mais visitados de Foz do Iguaçu. 

Por hora o Gramadão está fechado para reformas, e tem previsão de reabertura em 2021. 

Veja também: Itaipu Turismo 

3- Mesquita Omar Ibn Al-Khatab 

Mesquita Muçulmana é um dos maiores símbolos da presença significativa da cultura árabe em Foz do Iguaçu.  

Construído em 1980 pela comunidade islâmica, o templo é com certeza detentor de uma beleza única na região.  

A arquitetura do local torna o lugar um espaço para reflexão, conhecimento e oração.  

A visitação é aberta ao público em determinados horários sendo prezado o respeito pela cultura islâmica.  

Sendo assim, é preciso seguir algumas regrinhas para entrar, como retirar o calçado, moderar o tom de voz, entrar somente depois do fim das orações e as mulheres devem usar o véu característico da cultura deles.  

Apesar de ser um dos passeios gratuitos de Foz, a Mesquita é também um local de oração.  

A visitação acontece durante a semana, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30. Aos sábados a Mesquita abre das 9h às 11h30. 

O passeio dura aproximadamente 30 minutos.  

Endereço: Rua Meca, 599 

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira mesquita árabe
Mesquita Omar Ibn Al-Khatab  | Imagem cedida pelo atrativo

4- Calçadão Avenida Paraná em Foz do Iguaçu 

Calçadão da Av. Paraná é uma pequena pista de cooper e atividades físicas ao ar livre.  

Possui uma pista de em média 2km de caminhada, além de um quiosque, duas quadras de esporte, alguns bancos espalhados pelo local, parquinho para os pequenos e academia ao ar livre.  

O local fica um pouco cheio em horários de pico, 18h, mas não deixa de ser um ótimo atrativo para quem quer caminhar um pouco ou fazer alguns exercícios.  

Sem contar que fica pertinho do Cataratas JL Shopping, ou seja, a localização é chuchu beleza! 

Veja também: Lugares para visitar em Foz do Iguaçu 

5- Zoológico Bosque Guarani 

Zoológico Bosque Guarani fica na rua Tarobá, no centro de Foz e atrás do TTU –Terminal de Transporte Urbano.  

É um zoológico com entrada franca, com diversos animais e natureza para você aproveitar. 

O Bosque conta com cerca de 21 recintos entre espaços cercados e lagos.  

Lá, você pode encontrar animais como onças, jabutis, macaquinhos como o mico leão dourado, além de algumas aves, répteis e outros mamíferos.  

O Bosque Guarani é um refúgio de animais ameaçados de extinção ou vítimas do tráfico de animais.  

O local funciona de terça à domingo, das 9h às 18h e das 13h às 18h na segunda-feira.  

Veja também: Parques em Foz do Iguaçu 

6- Templo Budista 

Templo Budista Chen Tien é um dos lugares mais charmosos de Foz do Iguaçu.  

É um passeio gratuito obrigatório, devido a carga cultural gigantesca do local.  

Foi construído em 1996 em uma região privilegiada da cidade, com vista para a fronteira do Paraguai e parte do centro de Foz do Iguaçu.  

Nos jardins do templo existem mais de 120 estátuas com significados únicos e mais um templo lindíssimo de orações e preces.  

A atração mais famosa do local é a estátua de Buda de 7 metros de altura.  

É ótimo para um momento de introspecção e descanso, numa caminhada silenciosa pelos jardins do local.  

A visitação acontece de terça à domingo, das 9h30 às 16h30. 

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conheça alguns atrativos francos da fronteira templo budista
 Templo Budista Chen Tien | Imagem cedida pelo atrativo

(Extra) Passeios Gratuitos | Marco das Três Fronteiras lado argentino 

Como no lado brasileiro, o Marco das Três Fronteiras (Hito Tres Fronteras) é uma pracinha entre os rios Iguaçu e Paraná, demarcando a divisória entre Brasil, Argentina e Paraguai.  

No centro, um obelisco bem parecido com o nosso, pintado nas cores azul e branca, bandeira da Argentina.  

O atrativo fica na cidade de Puerto Iguazu, mesmo lugar da famosa feirinha de Puerto Iguazu e do Cassino. 

A entrada do Marco brasileiro é gratuita apenas para habitantes de Foz, mas o da Argentina é um passeio gratuito.  

Veja também: Marco das Três Fronteiras 

Passeios gratuitos em Foz do Iguaçu | Conclusão 

E, então? Gostou das nossas dicas de passeios gratuitos em Foz do Iguaçu?  

Aproveita que é de graça e vai em todos, hein! 

Não se esqueça de seguir a gente nas redes sociais, assim você não perde nada das novidades que publicarmos por lá! 

Aproveita e dá uma olhada nas outras matérias do nosso blog

E se vier a Foz do Iguaçu, já sabe onde se hospedar!  

Guia da Fronteira adorou a experiencia aqui no Pop Hotel e publicou sua avaliação no Instagram. Dá uma olhadinha lá! 

cellshop paraguai Saiba tudo sobre o shopping mais famoso de Ciudad del Este.

Cellshop Paraguai | Saiba tudo sobre a loja mais famoso de Ciudad del Este

Pra quem mora por aqui ou até mesmo quem vem a Foz do Iguaçu fazer compras no Paraguai, o Cellshop Paraguai é parada obrigatória! 

Mas… Você sabe o que vende lá? Onde fica? Ou até mesmo se é confiável?  

Se sua resposta for um belíssimo ponto de interrogação, então continua nessa matéria, porque o Pop Hotel vai sanar todas as suas dúvidas. 

Bora lá? 

cellshop paraguai Saiba tudo sobre o shopping mais famoso de Ciudad del Este.
Fachada da Cellshop no Paraguai | Fotografia cedida pelo atrativo

Cellshop Paraguai | O que é? 

Os compristas de plantão estão cansados de ouvir falar nela. Mas, e aí? O que é Cellshop? 

Cellshop Paraguai nada mais é do que uma loja de departamentos localizada em Ciudad del Este, com uma variedade incrível de produtos.  

A Cellshop é a loja que mais vem crescendo no Paraguai, devido a sua qualidade impecável, atendimento bom e o precinho maravilhoso.  

Bom, isso se o dólar der aquela colaborada, já que quase 100% dos produtos vendidos no Paraguai tem o preço em dólar.  

Mesmo assim, a maioria dos compristas afirmam que vale a pena comprar na loja, já que além de tudo eles oferecem uma coisa que é indispensável: a garantia! 

Então, se você se pergunta se a Cellshop é confiável, a resposta é um grandioso sim em cores neon! 

Cellshop onde fica? 

A loja fica localizada no Paraguai, óbvio!  

Brincadeiras à parte, a Cellshop está localizada em uma área bem fácil de acessar em Ciudad del Este. 

Fica na avenida Carlos Antonio López, travessa com a Monseñor Rodriguez.  

E pra caso de ser também uma das suas dúvidas, a loja fica aberta de segunda a sexta, das 7h às 16h. 

No fim de semana o horário muda um pouquinho.  

Nos sábados e feriados ela abre das 6:30h às 16h e nos domingos, das 8h às 14h. 

Mas lembre-se! O horário no Paraguai é diferente do Brasil.  

Então é preciso se precaver antes, conferindo o horário de lá.  

Uma dica de ouro é acessar o site time.is, pois ele mostra certinho a hora de qualquer lugar. Basta jogar na barra de buscas presente no canto superior da tela! 

cellshop paraguai Saiba tudo sobre o shopping mais famoso de Ciudad del Este. time is hora paraguai

No Paraguai atualmente há duas lojas da Cellshop. 

Uma delas fica dentro do shopping Ibiza e a outra está localizada no 3° andar do shopping Jebai.  

Veja também: Drone no Paraguai 

Cellshop como chegar? 

Calma lá, você já tem o endereço em mãos e o horário de funcionamento, agora é o momento crucial.  

Saber como chegar lá! 

Já na fila para entrar no Paraguai, pouco antes da aduana brasileira, você encontra placas e outdoors que sinalizam a Cellshop.  

Pra atravessar a Ponte da Amizade você tem diversas opções.  

Você pode ir de van, de ônibus, moto taxi, de carro ou até mesmo atravessar andando. É só escolher! 

Depois de atravessar a aduana, você verá uma enorme placa da Cellshop.  

Foca nela! Focou? 

Aí é só dobrar na primeira entrada a esquerda!  

Qualquer dúvida dá uma olhadinha nesse vídeo da Cellshop explicando como chegar lá! 

Veja também: Regras para atravessar a fronteira do Paraguai 

Cellshop como comprar 

Na Cellshop as formas de comprar também são bem tranquilas. 

São aceitos pagamentos em dinheiro nas seguintes moedas: 

  • Real (Brasil)  
  • Dolar (EUA)  
  • Guarani (Paraguai)  
  • Pesos (Argetina) 

Mas você também pode fazer suas compras e pagar em cartão de crédito, com um acréscimo de 7.5% ou no cartão de débito, com um acréscimo de 3.30%. 

Os cartões aceitos lá são: 

  • Maestro; 
  • Master Card; 
  • Visa; 
  • American Express; 
  • Dinners Club. 

Ah, e saiba que as taxas extras cobradas em compras com cartão são estabelecidas pelos bancos e não pela loja! 

Veja também: O que comprar no Paraguai com o dólar alto 

O que vende na Cellshop? 

De tudo, chuchu!  

Lá na Cellshop você encontra uma imensidão de produtos, desde eletrônicos, a perfumes e bebidas. 

Os departamentos da Cellshop envolvem: 

  • Tecnologia 
  • Games 
  • Hobby 
  • Bebidas e Alimentos 
  • Perfumes e Cosméticos 
  • Infantil 
  • Moda 
  • Esporte 
  • Suplementos 
  • Pesca, Camping e Tiro Esportivo 

Então imagina o paraíso?  

Pra você ter uma ideia a Cellshop é a maior loja do Paraguai voltada para a venda de produtos importados.  

Veja também: iPhone 12 no Paraguai 

cellshop paraguai Saiba tudo sobre o shopping mais famoso de Ciudad del Este cosmeticos e perfumes
Departamento de perfumes e cosméticos da Cellshop | Fotografia cedida pelo atrativo

Novidade! Cellshop em Foz do Iguaçu 

Muita gente sabe que a situação que o mundo ficou abalou todo mundo.  

E em se tratando da fronteira, podemos dizer que tanto Foz do Iguaçu quanto Ciudad del Este sofreram muito! 

Então a ponte abriu e tudo foi voltando aos seus eixos, para a alegria de todos os comerciantes que dependiam da relação entre Paraguai e o Brasil.  

Entretanto, antes mesmo da Ponte da Amizade reabrir, algumas lojas no Paraguai tiveram a decisão de se mudar para Foz do Iguaçu.  

E advinha? A Cellshop também decidiu se instalar aqui no Brasil.  

Será a maior loja franca da cidade, com seus 2.000 m².  

E onde vai ficar essa loja? 

A nova loja franca da Cellshop estará localizada dentro do mais novo shopping center de Foz do Iguaçu: o Catuaí Palladium. 

A loja vai ficar no segundo piso ou L2, junto da praça de alimentação e do Cinemark.  

O Shopping Catuaí Palladium se encontra na Avenida das Cataratas, 3570 – Vila Yolanda.  

Saiba mais em: Cellshop abrirá nova loja em Foz do Iguaçu 

Veja também: Guia de compras Cellshop 

E quando vai abrir? 

Bom, inicialmente, a previsão de abertura da loja franca Cellshop em Foz do Iguaçu é para dezembro de 2020.  

cellshop paraguai Saiba tudo sobre o shopping mais famoso de Ciudad del Este departamento de moda
Departamento de moda masculina da Cellshop | Fotografia cedida pelo atrativo

Recomendação de como comprar no Paraguai  

Antes de fazer a festa na Cellshop, lembre-se que por ser em outro país existe um limite de itens. 

cota aduaneira brasileira estabelecida pela Receita Federal para Free Shops terrestres é de US$300,00. 

Para compras acima desse valor, 50% do valor excedente é cobrado pelos produtos. 

Ou seja, se você comprar um produto de US$500,00, você poderá ter que pagar imposto sobre os US$200,00 excedentes no valor final.  

É permitido que você compre até 20 unidades abaixo de 5 dólares (no máximo 10 unidades idênticas); 10 unidades igual ou acima de 5 dólares (no máximo três unidades idênticas); 12 litros de bebidas alcoólicas; 25 unidades de charutos; 10 maços com 20 cigarros. 

Veja também: Compre no Paraguai com segurança 

Cellshop Paraguai | Conclusão 

E aí? Já sabe como chegar na Cellshop Paraguai?  

Não vai esquecer dos métodos de pagamento, viu! 

Bom, se você já sabe como fazer, agora é só preparar o tênis e ir se esbaldar nas suas compras.  

Não se esqueça de acessar o nosso blog e conferir as últimas postagens! 

Aproveita e segue a gente nas redes sociais, assim você não perde nada do que a gente publicar por lá! 

Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra os 10 destinos brasileiros para conhecer

Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra 10 destinos brasileiros para conhecer

Você conhece os lugares mais lindos do Brasil?  

Se sua resposta for um grande ponto de interrogação, então essa matéria é para você! 

Que tal descobrir os 10 destinos brasileiros mais encantadores para se visitar?  

Então vem com a gente, que o Pop Hotel preparou uma matéria incrível sobre os lugares mais bonitos do Brasil! 

Morro Dois Irmãos, Rio de Janeiro Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra 10 destinos brasileiros para conhecer
Morro Dois Irmãos – Rio de Janeiro, Brasil | Via Unsplash

Os lugares mais lindos do Brasil com praias 

1- Porto de Galinhas 

Localizada no município de Ipojuca, em Pernambuco, Porto de Galinhas é uma praia paradisíaca e um importante destino turístico. 

Encontra-se a 40 minutos do Recife e é uma antiga vila de pescadores, recheada de lendas do período colonial brasileiro.  

O céu azulado parece se unir as águas cristalinas, e tem como consequência um cenário mágico. 

Além de tudo, o local é um aquário natural com uma rica biodiversidade, principalmente na região da Costa dos Corais, importante lugar de preservação dos recifes de corais e arenitos.  

Sem falar da flora e da fauna local além dos belíssimos manguezais. 

Por que a cidade é chamada de Porto de Galinhas? 

Em meados de 1850 o comércio de escravos no Brasil era proibido.  

Com o objetivo de burlar a lei, os navios cobriam seus porões de engradados de galinhas d’Angola, à fim de esconder os escravos.  

A senha secreta dos comerciantes de escravos era “tem galinha nova no porto”, significando que estava atracando mais um navio repleto de escravos.  

Daí em diante, a praia foi chamada de Porto de Galinhas.  

Antes disso, o local era conhecido como Porto Rico pela abundância de Pau-Brasil. 

Veja também: Como descansar a mente em Foz do Iguaçu 

2- Natal 

E do Rio Grande do Sul vamos lá para o Rio Grande do Norte, mais precisamente para Natal. 

O nome vem devido a sua fundação datada no dia 25 de dezembro. 

Natal está localizada na chamada “esquina do continente”, cercada por belezas naturais e agraciada com um ventinho constante.  

É considerada a cidade com mais dias de sol, com uma média de 300 por ano.  

Natal também é famosíssima pelo ar puro, com a segunda maior área florestal do país localizada bem no centro da cidade, o Parque das Dunas.  

Além disso, você pode se admirar com a beleza do mar da praia de Ponta Negra, localizada próximo ao Morro do Careca, com uma duna de mais de 100 metros de altura, o cartão postal de Natal. 

Ponta Negra, Natal Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra  10 destinos brasileiros para conhecer
Ponta Negra, Natal, Brasil | Via Unsplash

3- Rio de Janeiro 

Assim como as Cataratas, a cidade maravilhosa também está no ranking de belezas mundiais, dessa vez como uma das 7 maravilhas do mundo moderno.  

Famosa pelo Corcovado e o Pão de Açúcar, o Rio ostenta atrativos praticamente o ano todo.  

Além do Cristo Redentor, as praias também são uma ótima escolha para aproveitar um dia na cidade.  

As mais famosas são Ipanema e Copacabana, mas o Rio também possuí faixas de areia mais tranquilas pra quem deseja fugir do agito.  

Sem contar nas construções lindíssimas assinadas pelo ícone da arquitetura, Oscar Niemeyer.  

A região serrana da capital também enriquece os olhos, provando que o Rio é muito mais que mar e Cristo.  

Por falar em Cristo, saca só nossa matéria sobre as outras belezas mundiais: 

>> 7 maravilhas do mundo << 

4- Angra dos Reis 

Outro município do Rio de Janeiro que vale a pena conhecer é Angra dos Reis. 

Com mais de 365 ilhas em seu litoral, Angra dos Reis tem mais de 190 km² de natureza preservada. 

O município é todo formado de praias paradisíacas e águas cristalinas que enchem os olhos.  

Os tupinambás habitavam a região antes da chegada dos europeus.  

A região entrou em esquecimento após as construções das estradas de ferro em 1872, e somente em 1928 voltou a ter lugar de destaque. 

Angra dos Reis, Rio de Janeiro Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra  10 destinos brasileiros para conhecer
Angra dos Reis, Rio de Janeiro, Brasil | Via Unsplash

5- Canoa Quebrada 

Já viu uma praia com logotipo? Então se liga! 

Localizada em Aracati, no Ceará, o símbolo da lua e da estrela é marca oficial de Canoa Quebrada. 

A praia é um antigo povoado de pescadores que foi, na década de 1970, habitada pelos hippies.  

Há boatos de que a praia foi descoberta alguns anos antes por um grupo de cineastas franceses, provocando no povoado um choque de culturas e ponderou um sentimento de liberdade. 

Os locais dizem que os franceses trabalhavam de dia e se divertiam a noite, e que foi daí que surgiu o símbolo que hoje é esculpido nas falésias. 

Outras histórias dizem que o símbolo surgiu de um casal de marroquinos de crença islâmica que carregavam consigo o desenho, chamando a atenção de escultores locais.  

É tradição que os habitantes se encontrem a noite na rua principal, carinhosamente apelidada de “Broadway”, para festejar ao som de Reggae e Forró.  

A região de cerca de 60 mil hectares é protegida pela Área de Preservação Ambiental de Canoa Quebrada (APACQ). 

Qual o significado de Canoa Quebrada? 

A praia forma parte do município de Aracati, que do indígena significa “bons ventos”. 

O nome “Canoa Quebrada” veio a partir de uma história que se conta na região.  

Diz-se que na época das pós-navegações, uma embarcação bateu nos recifes da praia.  

Como os moradores locais só conheciam as canoas, deram o nome da embarcação de canoa.  

Então, toda vez que alguém queria se referir a praia, perguntava dizendo “a praia onde estava a canoa quebrada”. 

Veja também: Playlist para viajar 

Os lugares mais lindos do Brasil no inverno 

6- Gramado 

Bora dar um pulinho na serra gaúcha?  

Estando entre um dos destinos turísticos mais procurados do Rio Grande do Sul, Gramado é uma pequena e charmosa cidade com uma arquitetura bastante peculiar.  

A cidadezinha possui ares europeus, que se embolam entre uma mistura de alemão, suíço e italiano.  

Sem constar que constantemente recebe investimento para a melhoria das atrações, ajardinamento e embelezamento da cidade.  

Qual a melhor época para ir à gramado? 

Se você pretende visitar Gramado, ouça meu conselho e aposte nos meses de inverno. 

É nesse período que o frio serrano enche as ruas de movimento, dando um charme as lojinhas e aos cafés.  

Graças a programação cheia, Gramado recebe visitantes o ano todo, mas é no inverno que as tradicionais casas de café colonial, pousadas aconchegantes e restaurantes típicos se enchem de vida.  

Sem contar que você pode dar a sorte de ver a cidade nevar! 

7- Campos do Jordão 

A famosa “Suíça brasileira” é uma ótima pedida pra quem quer um lugar para passar o inverno.  

Campos do Jordão é um município localizado no interior de São Paulo que mistura muito o turismo e aventura.  

Apesar de fria o ano inteiro, é no inverno a clássica cidade de montanha fica parecendo um pedacinho da Europa.

É também nesse período que ocorrem os concertos de música clássica e festivais de música.  

A arquitetura do lugar também é de encher os olhos, perfeita pra quem gosta de uma paisagem fofa, com construções coloridas e lagos lindíssimos. 

imagem ilustrativa Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra  10 destinos brasileiros para conhecer
Imagem ilustrativa | Via Unsplash

Os lugares mais bonitos do Brasil com muita natureza 

8- Cataratas Do Iguaçu 

Estendam o tapete vermelho, porque a nossa queridinha também está na lista! 

As Cataratas do Iguaçu representam hoje o maior conjunto de quedas d’água, com mais de 270 saltos, sendo o maior deles com 80 metros.  

Pode até não ser uma praia, mas a vazão de 1.500 m³ garante um banho de lavar a alma.  

É uma visão de tirar o fôlego, e não sou eu que estou falando não, já as Cataratas fazem parte da lista de 7 maravilhas da natureza.  

Veja também: Parque Nacional do Iguaçu 

9-Bonito 

Sendo um dos principais destinos de ecoturismo no Brasil, o município faz jus ao nome! 

É realmente um dos lugares mais lindos do Brasil! 

Suas atrações mais procuradas são as belíssimas paisagens naturais, como os rios transparentes, as cachoeiras, grutas, dolinas e cavernas.  

Sua variedade de fauna e flora é surpreendente! 

São mais de 4.000 espécies de plantas e suas águas abrigam mais de 2.000 espécies de animais marinhos como peixes.  

10- Chapada Diamantina 

Localizada na região da Bahia, a Chapada Diamantina é dona de uma das paisagens mais incríveis do Brasil.  

O lugar tem um conjunto de quedas d’águas entre os cânions, grutas de água azulada e trilhas por montanhas de topo chapado onde a vegetação varia entre cerrado, caatinga, campos rupestres e até Mata Atlântica. 

As cidadezinhas coloniais que cresceram ali devido ao garimpo são um convite para conhecer mais sobre a cultura regional. 

Tudo isso devido as lojinhas, pousadas e restaurantes tocados por moradores que constroem a hospitalidade do lugar.  

Veja também: Cachoeiras mais lindas do Brasil 

Chapada Diamantina, Morro do Chapéu - BA Os lugares mais lindos do Brasil: Descubra  10 destinos brasileiros para conhecer
Chapada Diamantina, Morro do Chapéu – BA, Brasil | Via Unslpash

Os lugares mais lindos do Brasil | Conclusão: 

E então? Ficou com vontade de visitar esse monte de lugar fantástico?  

Lá pra cima eu não sei, mas se pensar em vir a Foz do Iguaçu, já sabe onde se hospedar! 

O Pop Hotel é a melhor opção sem se tratando de conforto e facilidade.  

E não sou eu que estou dizendo não! Dá uma olhada no post que a Guia da Fronteira fez sobre a hospedagem dela clicando aqui! 

Falando em redes sociais, não vai esquecer de seguir a gente.  

Assim você não perde nenhuma atualização do nosso blog ou do próprio hotel.  

Turismo-Itaipu-Saiba-quais-sao-as-outras-atracoes-da-Itaipu-Binacional

Turismo Itaipu | Saiba quais são as outras atrações da Itaipu Binacional

Você conhece as outras atrações do Complexo de Turismo Itaipu? Ou achou mesmo que é só a usina? 

Que a Itaipu Binacional é a maior distribuidora de energia limpa e renovável, isso não é dúvida pra ninguém.  

Mas você sabia que lá há muito mais o que se ver além das turbinas e da barreira?  

Então, cola aqui com a gente que o Pop Hotel vai te mostrar as outras atrações da Usina Hidrelétrica de Itaipu. 

Turismo Itaipu Saiba quais são as outras atrações da Itaipu Binacional lago de itaipu
Lago de Itaipu | Fotografia por Rodrigo Matijie

Complexo Turístico Itaipu 

O Parque Tecnológico de Itaipu administra um turismo sustentável desde 2007, utilizando esse recurso como forma de contribuição ao desenvolvimento regional. 

O modelo turístico recebeu em 2015 o Prêmio de Excelência e Inovação do Turismo, na categoria Pesquisa, Tecnologia e Inovação, pela Organização Mundial do Turismo (OMT). 

Mais de 22 milhões de pessoas visitaram a Itaipu Binacional desde sua fundação e os recursos obtidos são usados para a operação do Complexo Turístico Itaipu. 

Até hoje, a Itaipu garante o emprego de cerca de 250 pessoas somente na área do turismo.  

Impressionante, não? 

Mas vamos ao que interessa! Com vocês, as outras atrações do Turismo Itaipu… Além da Usina! 

Turismo Itaipu Saiba quais são as outras atrações da Itaipu Binacional harpia refugio biologico
Harpia no Refúgio Biológico | Fotografia por Skytakes

Itaipu Refúgio Biológico 

Com um pouco mais de 35 anos de história, o Refúgio Biológico Bela Vista é um ícone de conservação de fauna e flora, sendo referência para outras empresas do setor elétrico.  

O refúgio possuí uma área de 1.780 hectares de Mata Atlântica conservada e boa parte da floresta foi recomposta pela Itaipu a partir de áreas de pastagens e gramíneas.  

O principal atrativo do passeio é o Zoológico Roberto Ribas Lange abriga cerca de 172 animais de 50 espécies diferentes. 

São 47 répteis e anfíbios, 60 mamíferos e mais 65 aves, provenientes do próprio criadouro de animais silvestres da Itaipu Binacional, de outros zoológicos ou de órgãos ambientais, como o Ibama.  

Além disso, o Refúgio Biológico também conta com um programa muito bem sucedido de reprodução de harpias. Desde 2009, 50 harpias nasceram ali.  

A unidade também tem um enorme êxito na reprodução de onças pintadas, sendo o último de dois filhotinhos em junho de 2019. 

Sem contar que o Refúgio ainda possuí mais de 960 gêneros de plantas abrigadas por lá. 

Como visitar o Refúgio Biológico? 

Visitar o Refúgio é uma experiência sem igual. 

São 2 km de caminhada em uma trilha em meio a floresta nativa, com um guia que conta curiosidades e explicações detalhadas sobre o meio ambiente.  

O passeio pela unidade de conservação contorna todo o Canal da Piracema até alcançar as edificações do Refúgio. 

Fique atento! O uso de bolsas e mochilas grandes é proibido, e as bolsas pequenas são revistadas logo na entrada. 

Não se esqueça dos calçados confortáveis, pois a caminhada é extensa.  

Não só ela, já que a beleza do lugar é inigualável! 

Horário de funcionamento: 

O Refúgio Biológico da Itaipu Binacional funciona de terça a domingo, das 9h30 às 14h30, se alongando por uma hora nos fins de semana.  

Turismo Itaipu Saiba quais são as outras atrações da Itaipu Binacional ecomuseu
Ecomuseu | Fotografia por Skytakes

Ecomuseu Itaipu Binacional 

Um ecomuseu é uma instituição que visa o estudo, conservação e valorização do modo de vida de uma região, tão como seu patrimônio natural e cultural. 

O Ecomuseu de Itaipu é a primeira iniciativa desse tipo presente na América Latina. 

O espaço tem como objetivo preservar a memória e o história da região da Usina, pesquisar e comunicar o patrimônio cultural, além de auxiliar em seu desenvolvimento cultural de forma sustentável. 

O acervo do museu é inteiro de resultado dos estudos, pesquisas e inventários realizados antes, durante e após a construção da Usina.  

Dos vestígios arqueológicos fazem parte mais de 200 sítios, um acervo botânico com mais de 900 espécies, um acervo zoológico com animais taxidermizados predominantes da fauna regional, além de uma coleção etnográfica e geológica.  

O ecomuseu também possuí três espaços reservados para exposições temporárias, que se renovam semestralmente.  

Horário de funcionamento: 

O Ecomuseu da Itaipu Binacional funciona de terça a domingo, das 10h às 17h.  

A duração é livre, mesmo assim costuma durar em média 1h. 

Polo Astronômico PTI 

Certificado pela International Astronomical Union (IAU), o Polo Astronômico é um centro de ciências com foco na Astronomia.  

As atividades do local visam a educação, a pesquisa e o turismo.  

O Espaço possuí um planetário, observatórios e estruturas externas que permitem que os visitantes interajam em atividades de ensino.  

Falando em educação, o Polo Astronômico atua na formação de alunos e professores em níveis de graduação, promovendo uma melhoria significativa na qualidade de ensino.  

O Polo também contribuí com a construção de uma cultura científica por meio de atividades de divulgação.  

Modéstia parte, é uma das atrações mais incríveis do complexo de turismo Itaipu e em 2016 recebeu o Certificado de Excelência do TripAdvisor

Horário de funcionamento: 

O Polo astronômico funciona de terça a domino, das 8h às 16h e as visitas noturnas ocorrem apenas nas sextas e nos sábados, às 19h30. 

Bolsas grandes e mochilas são proibidas e as bolsas pequenas serão revistadas! 

Todavia, atualmente o Polo Astronômico está desativado momentaneamente para reformas, sem data prévia de volta.

Itaipu Porto Kattamaram 

Atenção: Kattamaram desativado por tempo indeterminado. Acesse o site Tour Três Fronteiras para mais informações.

Que tal um delicioso passeio pelo lago de Itaipu? Bom, dá pra fazer! 

Localizado no interior da Usina de Itaipu, o Porto Kattamaram encontra-se na fronteira entre Paraguai, Brasil e Argentina.  

O passeio inicia-se no píer do lado de Itaipu, onde só a vista já faz valer a pena.  

O turista pode passear pelas águas, conhecer a sala de comando da embarcação e apreciar uma vista espetacular.  

O Kattamaram também possuí opção de passeio + almoço, então você pode decidir, marujo! 

Uma dica é aproveitar tanto o Kattamaram “Encontro das Águas” quanto o Kattamaram “Pôr-do-Sol”. 

Esse segundo é uma viagem maravilhosa de barco pelas águas do lago, com uma vista lindíssima do pôr-do-sol. 

Ah, e esse também dá pra optar pelo passeio + jantar, ein! 

Mas e aí? Qual a diferença entre o Kattamaram I e o II? 

O Kattamaram I possuí uma duração de 40 minutos de navegação, no lago de Itaipu, durante o pôr-do-sol e o passeio completo dura 1h30.  

Já o Kattamaram II tem uma navegação de 2h pelo rio Paraná e pelo rio Iguaçu, navegando do Marco das Três Fronteiras até próximo a ponte da Argentina.  

Veja também: Passeio Kattamaram II 

Horário de funcionamento: 

O almoço no Kattamaram acontece todos os dias, das 10h45 às 13h45. 

Já o pôr-do-sol ocorre de terça a domingo, das 7h às 12h. 

Turismo-Itaipu-Saiba-quais-sao-as-outras-atracoes-da-Itaipu-Binacional luzes de itaipu
Luzes de Itaipu | Fotografia por Skytakes

Luzes de Itaipu 

Se você já acha a usina de Itaipu linda de dia, imagina ver a barragem a noite? 

São mais de 740 holofotes e 112 luminárias, além de uma linda trilha sonora em sincronia com as luzes que embala o visitante.  

As luzes da Itaipu Binacional funcionam de sexta a domingo, a partir das 19h30. 

O passeio tem duração de 1h30. 

Alimentação e bebidas não inclusas, todavia, é permitido levar lanches e bebidas sem álcool.  

Veja aqui algumas curiosidades sobre a Itaipu Binacional! 

Conclusão Turismo Itaipu: 

E aí? Ficou com vontade de visitar alguma atração da Itaipu?  

Não esquece de visitar o site da Combo Iguassu! Lá tem os melhores preços de passeios e transportes pra sua melhor comodidade.  

E quando se trata de hospedagem, já sabe, né? O Pop Hotel é tudo de bom em termos de tranquilidade e modernidade.  

A Guia da Fronteira amou e fez uma postagem super fofa da gente lá no Instagram. Confere clicando aqui o que essa fofura disse! 

Não esquece de seguir a gente nas redes sociais: 

E acessa lá nosso blog pra ficar inteiradinho nas matérias! 

7 maravilhas do mundo: Conheça as maiores belezas mundiais!

Você conhece as 7 maravilhas do mundo? Sabe onde elas ficam? 

Se você respondeu não para as duas perguntas, então essa matéria é pra você! 

Pop Hotel decidiu juntar todas as maravilhas do mundo antigo e moderno e contar pra você algumas curiosidades sobre elas. 

E no final ainda tem um extra sobre as 7 maravilhas da natureza, já que Foz do Iguaçu abriga uma delas!  

Bora lá? 

Veja também: Músicas para viajar 

7 maravilhas do mundo machu picchu
Machu Picchu no Peru | Via Pexels

Quem escolheu as 7 Maravilhas do Mundo? 

Antes de começar a citá-las, responde pra gente: Você faz ideia de quem escolheu as 7 maravilhas do mundo? 

Basicamente as 7 maravilhas do mundo são consideradas, cada uma em sua individualidade, obras surpreendentes da arquitetura antiga e atual. 

Todas elas juntas formam um conjunto de feitos que desafiam o tempo e quebram todas as barreiras da engenharia.  

A importância dessas maravilhas, mesmo que muitas já sequer existam mais, serviu como bases para que o homem entendesse o que pode alcançar! 

As 7 maravilhas do mundo antigo foram escolhidas durante o período de exploração de outras civilizações pelos gregos.  

Durante a jornada, os viajantes colecionavam guias com atrações, à fim de apresenta-las a futuros turistas.  

Eles a chamavam de theamata que significa “vistas”, todavia logo evoluiu para thaumata que quer dizer “maravilhas”.  

Já as 7 maravilhas do mundo moderno foram escolhidas de forma informal pela fundação suíça New7Wonders em 2000. 

Mais de 100 milhões de pessoas votaram através da internet ou via telefone, à fim de escolher as 21 finalistas de 200 monumentos concorrentes.  

Uma curadoria da UNESCO fez o trabalho de selecionar destas apenas 7, baseando-se em quesitos como estrutura, dimensão geográfica, valor cultural e artístico além da diversidade e do seu fator de reconhecimento. 

Mas por que há apenas 7 maravilhas? 

As sete maravilhas que conhecemos hoje são uma combinação das mais diversas listas existentes das grandiosas obras do mediterrâneo.  

Apesar da grande diversidade de obras e de muitas delas terem sido escolhidas através de critérios pessoais, o número 7 não foi escolhido pelos gregos ao acaso. 

Acredita-se que esse número representa a perfeição em seu significado espiritual, por se tratar da soma dos cinco planetas conhecidos na época mais o sol e a lua.  

Veja também: Como fazer um diário de viagem 

Quais são as 7 maravilhas do mundo antigo? 

No Museu de Alexandria haviam as primeiras listas das sete maravilhas, todavia os escritos não sobreviveram, exceto como referências. 

As sete maravilhas clássicas eram: 

7 maravilhas do mundo piramide de gize
Pirâmides de Gizé no Egito | Via Pexels

1- A Grande Pirâmide de Gizé 

Dentre todas as maravilhas da antiguidade, a Pirâmide de Gizé é a única que pode ser contemplada até hoje. 

Foi construída em meados de 2550 a.C. e tem por volta de 137 metros de altura.  

Foram necessários 100 mil homens para erguer o monumento em homenagem ao faraó, demorando 20 anos para ficar pronta. 

A grande pirâmide na verdade é um conjunto de construções; todavia, apenas o grande monumento é visto como uma das maravilhas.  

Encomendada pelo faraó Quéops, a o projeto serviria para abrigar seu sarcófago e todas as suas riquezas, que carregaria para a próxima vida. 

Há diversos mistérios envolvendo a grande pirâmide, dentre eles diz respeito a sua construção.  

Seu interior é ainda mais misterioso, pois até hoje foram descobertas apenas três câmaras em seu interior, sendo uma delas a que abrigava os restos do faraó.  

Antes da Torre Eiffel ser construída, a Pirâmide de Gizé era a construção mais alta do mundo.  

2- Os Jardins Suspensos da Babilônia 

Não se sabe exatamente se o Jardim da Babilônia de fato existiu, já que tudo que se sabe sobre eles vem de relatos gregos do século 2 a.C. 

Segundo esses relatos, o monumento foi erguido pelo rei Nabucodonosor II, entre 605 a 560 a.C., e foi um presente à Amytis, sua esposa. 

A Babilônia existiu onde hoje é o deserto do Iraque, o que só engrandece a engenharia desta obra, já que manter um jardim vivo naquelas condições é um feito em tanto.  

O Jardim Suspenso da Babilônia é considerado uma construção à frente do seu tempo por diversas razões, dentre elas, o sofisticado sistema de bombas e tubulações que irrigava a vegetação com água trazida do rio Eufrates. 

É possível que tenha havido também um grande número de jardins nos telhados e terraços que atingiam até 23 metros de altura, causando a impressão de que havia uma montanha de flores, ervas e plantas crescendo em meio ao deserto.  

3- A Estátua de Zeus 

Estátua de Zeus em Olímpia foi construída no século 5 a.C, pelo ateniense Fídas, em homenagem ao próprio deus grego.  

A estátua media entre 12 e 15 metros de altura e era feita de marfim e ébano. Os olhos do deus eram de pedras preciosas e há boatos de que tenha levado 8 anos para ser construída.  

A escultura mostrava Zeus sentado em um trono; em sua mão direita levava uma estatueta de Nike, a deusa da vitória, e na esquerda uma esfera com uma águia debruçada.  

Há a suposição de que o deus estaria de cenho franzido, já que de acordo com a lenda, quando Zeus franzia o cenho o Olimpo inteiro tremia.  

Após 800 anos foi levada do Santuário de Olimpia, na Grécia, para Constantinopla, onde hoje se localiza Stambul.  

Crê-se que foi destruída em 462 d.C. por um terremoto que assolou a região.  

Era tão bonita e grandiosa que o imperador romano Calígua quis leva-la a Roma, à fim de substituir o rosto da mesma pelo seu próprio.  

7 maravilhas do mundo templo de artemis
Templo de Ártemis em Geraza | Via Pixabay

4- Templo de Ártemis 

Localizado em Éfeso, o Templo de Ártemis é outra grandiosa homenagem dos gregos, dessa vez para a deusa Ártemis.  

Antes deste, houve um primeiro templo construído para a deusa.  

Os gregos encontraram, em uma de suas viagens, habitantes da Ásia Menor que cultuavam a deusa protetora dos bosques, da caça e dos animais selvagens, conhecida pelos romanos como Diana.  

Durante o século 6 a.C, o conquistador Creso, rei de Lídia, ordenou que se construísse um grande templo em homenagem a deusa.  

Os arquitetos Quersifrão e seu filho Metagenes foram os arquitetos responsáveis pela obra, que se iniciou em torno de 550 a.C e demorou 200 anos até ser concluída.  

O templo foi construído inteiramente por mulheres, virgens sacerdotisas que acreditavam na superioridade feminina e eram praticantes de artes magicas.  

O templo tinha ao todo 138 metros de comprimento por 71,5 metros de largura e possuía 127 colunas de mármore em estilo jônico com 20 metros de altura cada. 

5- O Mausoléu de Halicarnasso 

Mausoléu de Halicarnasso foi feito exclusivamente para abrigar o túmulo do rei Mausolo, na Turquia. 

Mausolo foi um rei do Império Persa que reinou de 370 a.C. a 353 a.C e durante seu reinado a cidade de Helicarnasso, em Cária, obteve um enorme desenvolvimento em obras, como a construção de edifícios públicos e uma grande muralha ao redor do reino.  

Quando Mausolo morreu, sua esposa Artemísia II, que também era sua irmã, iniciou a construção de uma tumba para abrigar seu corpo.  

Artemísia mandou trazer da Grécia os artistas mais talentosos, incluindo os que tiveram alguma participação na construção do Templo de Ártemis, além de famosos escultores e artesãos. Sátiro e Pítis foram os arquitetos encarregados da construção do Mausoléu. 

A obra demorou 10 anos até que fosse concluída, usufruindo do trabalho de mais de 30 mil homens.  

Tinha o formato de um retângulo, com 50 metros de altura.  

Ocupava uma área de 1200 metros quadrados, sustentada por 36 colunas e da base quadrada erguia-se uma pirâmide de 24 degraus. 

A rainha Artemisa II morreu antes de ver o templo terminado.  

6- O Colosso de Rodes 

Colosso de Rodes foi uma gigantesca estátua construída na Grécia, próximo ao mar Mediterrâneo.  

Construída por Cárces de Lindos, a estátua demorou mais de 10 anos para ser concluída, sendo iniciada em 292 a.C.  

A estátua servia de porta de entrada para a ilha de Rodes.  

Em uma das mãos do gigante havia um farol para iluminar as embarcações noturnas e suas pernas ligavam as margens do canal. 

Era uma representação do deus do sol Hélios, com 30 metros de altura e pesava em média 70 toneladas. 

7- O Farol de Alexandria 

Devido aos enormes riscos de se chegar a Alexandria pelo mar, o rei Ptolomeu II inaugurou o Farol de Alexandria

Foi construído em 280 a.C. e projetado pelo arquiteto e engenheiro grego Sostratus de Cnidus e levou cerca de 20 anos para ficar pronta.  

A estrutura possuía entre 117 a 134 metros de altura e uma chama que podia ser vista a cerca de 50 quilômetros de distância. 

O farol sinalizava os perigos da costa mortal da ilha de Faros.  

É considerada um marco da engenharia e uma das únicas 7 maravilhas da antiguidade que ainda deixou vestígios arqueológicos. 

Taj Mahal na Índia | Via Pexels

Quais são as 7 maravilhas do mundo moderno? 

Deixando de lado as maravilhas da antiguidade, vamos para a lista das construções mais magnificas da atualidade.  

 Com vocês, em ordem cronológica, as 7 maravilhas do mundo moderno. 

Veja também: Que tipo de viajante é você? 

1- A Grande Muralha da China 

Muralha da China, na verdade, são uma série de muralhas de pedras unidas ao longo do tempo, que tinham o objetivo de proteger a China das invasões de diversos grupos nômades do Norte.  

Acredita-se que 400.000 pessoas trabalharam na construção da grande muralha, dentre elas muitos escravos.  

Sua construção começou em 220 a.C., durante a dinastia Ch’in fundada pelo primeiro imperador da China, Quin Shi Huangdi e continuou crescendo por mais de 1500 anos.  

O muro tem altura de 7 a 8 metros, em alguns locais chegando a 10 metros.  

Segundo cientistas chineses o comprimento total da muralha é de 8.850 km.  

2- As Ruínas de Petra 

Localizada na Jordânia, no Oriente Médio, a Petra é uma importante região arqueológica.  

Petra é uma cidade do sul, famosa por sua arquitetura toda esculpida em rocha e por seu sistema de canalização de água.  

Era, em 312 a.C, a antiga capital dos árabes nabateus, que a utilizavam de importante centro comercial.  

Está hoje localizada na encosta de Jebel al-Madhbah, em uma bacia entre as montanhas que formam o flanco de Wadi Araba, o grande vale que vai do mar Morto ao Golfo de Aqaba.  

Petra é conhecida também por cidade rosa, devido a cor das pedras do local. 

As ruínas são hoje patrimônio histórico da UNESCO.  

7 maravilhas do mundo coliseu de roma
Coliseu de Roma | Via Pexels

3- O Coliseu de Roma 

O Coliseu, conhecido também por Anfiteatro Flaviano, é um teatro oval localizado no centro de Roma, na Itália.  

É até hoje o maior anfiteatro já construído.  

Sendo o maior e mais famoso símbolo do império romano, o Coliseu era reservado para combates entre gladiadores ou contra animais selvagens.  

A construção começou em 72 d.C. durante o governo do imperador Flávio Vespasiano, que o ergueu em um antigo palácio de Nero, seu antecessor no comando do império.  

As obras levaram 8 anos para ficarem prontas, mas Roma já era governada por Tito, filho de Flávio, que batizou o teatro em sua homenagem.  

Boatos de que ele passou a ser chamado de Coliseu devido ao Colosso de Nero, uma estátua do governante de 35 metros de altura que estava localizada ao lado do teatro.  

4- Chichén Itzá 

Chichén Itzá foi uma enorme cidade pré-colombiana erguida pela civilização maia em meados do ano de 600.  

É um dos mais importantes centros políticos e religiosos dos maias e também uma zona arqueológica, localizada no estado de Yucatán, no México.  

A cidade foi um dos maiores centros urbanos dos maias e acredita-se que sua população tenha sido a mais diversa do mundo.  

5- Machu Picchu 

A cidade de Machu Picchu, também conhecida como “a cidade perdida dos Incas”, é outra cidade pré-colombiana, localizada no topo de uma montanha, a 2400 metros de altitude, onde atualmente é Cuzco, no Peru. 

Foi construída no século XV, ordenada por Pachacuti, e é hoje, provavelmente, o símbolo mais típico do império Inca. 

Durante quatro séculos a cidade ficou desconhecida, escondida em meio a selva, exceto pelos moradores locais que sabiam da cidade em ruínas.  

Toda sua perfeição arquitetônica, com pedras milimetricamente encaixadas e sem qualquer material que as una, desperta diversas teorias.  

A cidade de Machu Piccu era considerada um local sagrado dos Incas, pois unia os Andes ao poderoso rio Urubamba.  

A cidade hoje é também um patrimônio histórico da UNESCO.  

7 maravilhas do mundo taj mahal
Taj Mahal na Índia | Via Pexels

6- Taj Mahal 

Taj Mahal é outro mausoléu, dessa vez localizado em Angra, na Índia.  

Foi erguida entre 1632 a 1653, utilizando a força de mais de 20 mil homens trazidos de diversas partes do Oriente.  

É um monumento inteiro feito em mármore branco, construído a mando do imperador Shah Jahan, em memória de sua esposa favorita, Aryumand Banu Began.  

Ele a chamava de Mumtaz Mahal, que significa “a joia do palácio”.  

Began morreu dando à luz ao 14º filho do imperador e o Taj Mahal foi construído em cima de seu túmulo, as margens do rio Yamuna. 

Taj Mahal é considerado uma das maiores provas de amor da humanidade e seu interior é todo encrustado com pedras preciosas e fios de ouro.  

7- Cristo Redentor 

Cristo Redentor é uma lindíssima estátua art déco, localizada a 709 metros acima do nível do mar, no topo do morro do Corcovado, no Rio de Janeiro.  

Foi criado pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa, sendo hoje considerada um símbolo da América Latina e do cristianismo brasileiro.  

Sua altura chega a 30 metros de altura, descontando o pedestal de 8 metros.  

Seus braços se abrem por 28 metros de largura.  

O Cristo Redentor é a terceira maior escultura de Cristo no mundo, sendo as outras a Estátua de Cristo Rei, na Polônia e a Cristo de la Concordia, na Bolívia.  

As outras 13 finalistas do título de maravilhas do mundo: 

  • Acrópolis (Grécia) 
  • Alambra (Espanha) 
  • Angkor (Camboja) 
  • Estátuas da Ilha de Páscoa (Chile) 
  • Torre Eiffel (França) 
  • Hagia Sophia (Turquia) 
  • Templo Kiyomizu-dera (Japão) 
  • Kremlin (Rússia) 
  • Castelo de Neuschwanstein (Alemanha) 
  • Estátua da Liberdade (Estados Unidos da América) 
  • Stonehenge (Reino Unido) 
  • Ópera de Sydney (Austrália) 
  • Tombuctu (Mali) 

Veja também: Pontos turísticos no Paraguai 

Quais são as 7 maravilhas da natureza? 

E que rufem os tambores porque agora é nossa vez!  

Eis aqui a lista de 7 maravilhas da natureza, os lugares naturais considerados as maiores maravilhas do mundo. 

Veja também: Como descansar a mente em Foz do Iguaçu 

1- A Amazônia 

Floresta Amazônica é a maior floresta tropical do mundo!  

Pra você ter uma ideia, a floresta cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul, que abrange cerca de 7 milhões de quilômetros quadrados, dos quais 5,5 milhões são cobertos de floresta. 

A maioria da floresta está localizada aqui no Brasil, uma média de 60%. O restante se divide entre Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Surinami e a Guiana Francesa.  

Não é à toa que por muito tempo, a floresta Amazônica era chamada de “pulmão do planeta”! 

7 maravilhas do mundo baia de ha long
Baía de Ha Long no Vetname | Via Pexels

2- A Baía de Ha Long 

“Onde o dragão entra no oceano”. É este o significado do nome Ha Long.  

Baía de Ha Long é a mais conhecida do Vetname, com mais ou menos 1969 ilhotas que se elevam das águas.  

As ilhas possuem um número infinito de praias, grutas e cavernas.  

Há uma lenda por trás da existência da baía que diz que um grande dragão que vivia nas montanhas correu até o mar.  

Sua enorme calda acabou por cavar vales que, mais tarde, foram enchidos com água, deixando pequenos pedaços de terra à superfície, ou seja, as ilhotas presentes lá.  

Em 1933 a baía foi considerada patrimônio mundial da UNESCO.  

3- As Cataratas do Iguaçu 

Pode entrar, a nossa queridinha!  

As Cataratas do Iguaçu é o maior conjunto de quedas d’água, com 275 saltos.  

O maior deles, A Garganta do Diabo, tem 80 metros de altura. 

Está localizada no Parque Nacional do Iguaçu, e parte dela ainda está na Argentina. 

São basicamente 250 mil hectares de floresta sub tropical e uma vazão de 1500m³ de água por segundo. 

E aí, deu vontade? Então acessa esse blog sobre o Parque Nacional do Iguaçu. 

Veja também: Quiz Tudo sobre Foz do Iguaçu 

7 maravilhas do mundo ilha de jeju
Ilha de Jeju na Coréia do Sul | Via Pixabay

4- A Ilha de Jeju 

Jeju é a maior província da Coreia do Sul e também a maior ilha do país.  

Jeju é uma ilha vulcânica e autônoma, ou seja, possuí sua própria cultura, culinária e história.  

É a opção predileta dos amantes que querem passar a lua-de-mel. 

Possuí diversas cavernas e tubos de lava, que são uma das principais atrações do país.  

Sem contar nas quedas d’água de tirar o fôlego. A mais conhecida é a cachoeira de Cheonjeyeon, na chamada Lagoa de Deus.  

Veja também: As cachoeiras mais bonitas do Brasil 

5- O Parque Nacional de Komodo 

Parque Nacional de Komodo, na Indonésia, foi criado em 1980 com o objetivo de proteger o habitat do dragão-de-komodo e preservar as florestas e recifes de coral.  

Lá habitam variadas espécies além do dragão-de-komodo, dentre elas o veado-de-timor.  

O parque possuí também um dos mais ricos ambientes marinhos, que abrigam mais de 1000 espécies de peixes e mais de 260 espécies de corais.  

Além disso, tubarões, golfinhos, tartarugas, jamantas, dugongos e ao mens 14 espécies de baleias também fazem dos recifes sua morada.  

Veja também: Refúgio Biológico Bela Vista 

6- O Parque Nacional do Rio Subterrâneo de Puerto Princesa 

Localizado nas Filipinas, o Parque Nacional do rio subterrâneo de Puerto Princesa é uma mistura de uma paisagem carste calcária com um rio subterrâneo.  

O parque ocupa 2900 hectares e abriga em média 11 ecossistemas diferentes.  

É patrimônio mundial da UNESCO devido à grande variedade de animais endêmicos ameaçados, como o morcego-raposa, lontras, pandas, civetas, texugos e o faisão-esporeio.  

7- Montanha da Mesa 

Localizada na Cidade do Cabo, a Montanha da Mesa é uma enorme montanha de cume plano.  

É um planalto de aproximadamente 3 km que se estende do chamado Pico do Diabo à Cabeça do Leão.  

Com uma altitude de 1084,6 metros, a montanha está representada na bandeira, no escudo e até nos documentos oficiais da cidade.  

7 Maravilhas da Natureza: Conclusão 

E aí, gostou da matéria sobre as maravilhas do mundo? Então compartilha com os amigos essa dose de conhecimento sobre esses pontos turísticos de tirar o folêgo.  

Não se esqueça de acessar nosso blog e dar uma olhada nas outras matérias.  

Não se esqueça também de acessar nossas redes sociais, assim você fica sempre ligadinho na gente!

Dê um toque POP a sua playlist de viagem

Músicas para viajar: Dê um toque PoP a sua playlist de viagem

Opa, você também está procurando músicas para viajar?

Se tudo que você quer é atualizar sua playlist de viagem, o Pop Hotel vai te dar dicas incríveis para deixar sua lista de músicas mais pop! 

Até porque nós acreditamos que os melhores momentos têm trilha sonora, não concorda? 

Então se você, assim como a gente, adora uma boa música, continua rolando a página e vendo as dicas incríveis que a gente tem pra sua viagem ficar com um ar cinematográfico. 

Vamos lá? 

100 músicas para curtir durante a viagem!

Pensando em vir a Foz do Iguaçu? Veja também: Onde comer em Foz do Iguaçu

Músicas para viajar Dê um toque PoP a sua playlist de viagem mulher de fone
Imagem ilustrativa | Via FreePik

Músicas para viajar pela estrada 

Na minha opinião, viajar pela estrada é uma das melhores formas de viajar.  

Mas nem todo mundo concorda, não é mesmo? 

E se você é um desses que acha viagens de carro tediosas e sem graça, que tal uma listinha de músicas pra deixar o passeio mais divertido?

Veja também: Passeios em Foz do Iguaçu

  1. Train – Hey, Soul Sister 
  1. American Authors – Best Day Of My Life 
  1. Bon Jovi – Livin’ On A Prayer 
  1. Dua Lipa – Levitating Featuring DaBaby 
  1. Clean Bandit – Rather Be ft. Jess Glynne 
  1. The Academic – Why Can’t We Be Friends? 
  1. ABBA – Gimme! Gimme! Gimme! 
  1. Ariana Grande – 7 rings 
  1. Shawn Mendes – There’s Nothing Holdin’ Me Back 
  1.  Maroon 5 – Girls Like You ft. Cardi B 
  1.  Imagine Dragons – Roots 
  1.  Calvin Harris – Blame ft. John Newman 
  1.  The Wanted – Chasing The Sun 
  1.  One Direction – Drag Me Down 
  1.  The Weather Girls – It’s Raining Men 
  1.  The Clash – Should I Stay or Should I Go 
  1.  Joan Jett – Bad Reputation  
  1.  Saint Motel – “For Elise” 
  1.  Lauv – El Tejano ft. Sofía Reyes 
  1.  OneRepublic – Counting Stars 

Músicas calmas para viajar  

Nos divertimos bastante, mas agora seria legal ouvir alguma coisa calma, não é mesmo? 

Principalmente para aqueles que viajam de ônibus, estão de carona ou até mesmo viajando de avião e querem tirar um cochilo antes de chegar ao destino.  

Então já se ajeita na almofadinha de pescoço e da play nessa lista gostosa que o Pop preparou pra você. 

  1. Sam Smith – My Oasis ft. Burna Boy 
  1. ZAYN – Dusk Till Dawn ft. Sai 
  1. Lauv – I Like Me Better 
  1. Ben E. King – Stand By Me 
  1. Imagine Dragons – Mouth of the River 
  1. Labrinth, Zendaya – All For Us   
  1. Jaymes Young – Habits of My Heart 
  1. Dean Lewis – Waves 
  1. The Neighbourhood – Sweater Weather 
  1.  Sufjan Stevens – Mystery of Love 
  1.  Passenger – Let Her Go 
  1.  The Lumineers – Sleep On The Floor 
  1.  Alec Benjamin – Let Me Down Slowly ft Alessia Cara 
  1.  Sebastián Yatra, Isabela Merced – My Only One (No Hay Nadie Más) 
  1. Ed Sheeran – Photograph 
  1.  Sam Smith, Normani – Dancing With A Stranger 
  1.  Harry Styles – Adore You 
  1.  Tame Impala – The Less I Know The Better 
  1.  Dayglow – Can I Call You Tonight 
  1.  Marshmello ft.Khalid – Silence 

Veja também: Como descansar a mente em Foz do Iguaçu

Imagem ilustrativa | Via: Pixels

Músicas para viajar em família  

Ah… Nada melhor do que tirar aquelas merecidas férias em família!  

Mas aguentar longas viagens ser maçante, principalmente quando se instala um silêncio gritante.  

Então, já vai ligando o rádio do carro e se prepara para a melhor playlist para viagens em família da história das viagens em família.  

  1. Marshmello ft. Bastille – Happier 
  1. PUBLIC – Make You Mine (Put Your Hand in Mine) 
  1. MAX – Working For The Weekend (feat. bbno$) 
  1. BENEE – Supalonely ft. Gus Dapperton 
  1. Coldplay – Viva La Vida 
  1. Queen – Don’t Stop Me Now 
  1. Spice Girls – Wannabe 
  1. Aqua – Barbie Girl 
  1. Katy Perry – Last Friday Night 
  1.  Major Lazer – Light it Up Remix (feat. Nyla & Fuse ODG) 
  1.  Katy Perry – This Is How We Do 
  1.  Charli XCX – Boom Clap 
  1.  Hailee Steinfeld – Love Myself 
  1.  Major Lazer – Cold Water (feat. Justin Bieber & MØ) 
  1.  Liam Payne – Strip That Down ft Quavo 
  1.  Jonas Brothers – Sucker 
  1.  Jonas Brothers – X ft. KAROL G 
  1.  Fun.: We Are Young ft. Janelle Monáe 
  1.  Panic! At The Disco – High Hopes 
  1.  Bruno Mars – The Lazy Song 

Músicas brasileiras para viajar 

Se nada nessa lista te animou muito, então isso só pode significar que você é #TeamBrazuca.  

E advinha? Tem espaço pra vocês também na nossa playlist.  

Então rola mais um pouquinho e dá uma olhada nessas belezuras daqui mesmo, do Brasilzão nosso! 

  1. Jota Quest – Tempos Modernos 
  1. Vitor Kley – O Sol 
  1. Melim – Ouvi Dizer 
  1. Giulia Be – menina solta 
  1. ANAVITÓRIA, Vitor Kley – Pupila 
  1. Jão – Imaturo 
  1. Clarice Falcão – Monomania 
  1. Raimundos – Mulher de Fases 
  1. Los Hermanos – Anna Júlia 
  1.  Rita Lee – Reza 
  1.  Roupa Nova – Whisky a Go-Go 
  1.  Titãs – Enquanto Houver Sol 
  1.  Cazuza – Exagerado 
  1.  Tim Maia – Não Quero Dinheiro (Só Quero Amar) 
  1.  Seu Jorge – Burguesinha 
  1.  Jão – A Rua 
  1.  Anitta “Me Gusta” (Feat. Cardi B & Myke Towers) 
  1.  Simone & Simaria – Loka ft. Anitta 
  1.  Pabllo Vittar feat. Psirico – Parabéns 
  1.  Karol Conka – Tombei feat. Tropkillaz 

Veja também: Voos para Foz do Iguaçu

Músicas para viajar: Dê um toque PoP a sua playlist de viagem
Imagem ilustrativa | Via Freepik

(Extra) Músicas para viajar: Estação Kpop 

E você aí achando que não iria ter um kpop, não é mesmo? 

Mas é claro que nós do Pop Hotel iriamos colocar esse gênero musical que não sai da cabeça (e dos ouvidos) da garotada. 

Para você que não faz ideia do que seja, Kpop é um estilo de músicas, séries e afins, que veio lá de um lugar do outro lado do oceano, a Coreia do Sul.  

E olha, não é de hoje que esse estilo encanta os adolescentes e até mesmo pessoas mais velhas. 

Então já prepara o lightisck e os fones de ouvido, que a gente tem uma estação feita pra você, kpopper de carteirinha! 

  1. LOONA yyxy – love4eva (feat. Grimes) 
  1. NCT U – Make A Wish (Birthday Song) 
  1. BLACKPINK – Pretty Savage 
  1. Jessi – NUNU NANA 
  1. LOONA Yves – New 
  1. VIXX – Scentist 
  1. Pentagon – Shine 
  1. Stray Kids – MIROH 
  1. TXT – Cat & Dog 
  1.  EXO – Ko Ko Bop 
  1.  Red Velvet – Power Up 
  1.  Stray Kids – My Pace 
  1.  Stray Kids – Gone Days 
  1.  NCT 127 – Fire Truck 
  1.  BTS – Dynamite 
  1.  BLACKPINK – ‘Lovesick Girls’ 
  1.  EXO – Power 
  1.  Super Junior – Lo Siento ft Leslie Grace 
  1.  SF9 – Mamma Mia 
  1.  CLC – Hobgoblin 

Músicas para viajar: Conclusão. 

E aí? O que achou da nossa listinha de 100 músicas para ouvir durante a viagem?  

Se você gostou não esquece de mostrar pros amigos essa matéria, e até mesmo dar as suas dicas de música em nossas redes sociais logo abaixo. 

Ah, e sabe de um lugar maneiro para se hospedar, que combina com a sua playlist super descolada? O Pop Hotel, lógico!  

Aqui você encontra o maior conforto por um preço bacana, sem contar na decoração super descomplicada que fica ótima nas fotos. A Guia da Fronteira já aprovou e você pode consultar a postagem dela no Instagram clicando aqui! 

Ah, dá uma olhada nessas dicas maravilhosas da nossa parceira Combo Iguassu, sobre como ajeitar a mala para uma viagem a Foz do Iguaçu.  

Capa via: FreePik

como descansar a mente_ lugares para visitar em foz do iguaçu

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu

Teve uma semana difícil e não sabe como descansar a mente?  

Que todo mundo precisa de descanso isso é fato, mas você sabia que há lugares em Foz do Iguaçu que podem te ajudar a ter o merecido sossego?  

Pop Hotel vai te dar dicas de lugares para ir em Foz do Iguaçu e relaxar o corpo e a alma. Vem com a gente? 

Veja também: Passeios em Foz do Iguaçu – Pop Hotel 

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu
Imagem ilustrativa | Via Pexels

 
Como descansar a mente com esporte 

Momentos de lazer são muito importantes, principalmente para darmos aquela pausa no trabalho e na rotina.  

Todavia grande parte das pessoas não faz ideia de como aproveitar esse tempo livre.  

Muitos acabam por ver no celular uma forma de distração, tentando a todo custo relaxar a cabeça, quando na verdade o celular é um grande inimigo para aqueles que só querem desligar a mente e ter um momento de sossego.  

Praticar esportes é uma boa alternativa para desfrutar os momentos em que não há nada para fazer.  

Desde uma corrida até praticar meditação guiada, os esportes agem como forma de ocupar a mente, trazendo uma sensação de relaxamento quase instantâneo para o corpo.  

Pensando nisso que a gente preparou esse primeiro tópico da nossa lista de lugares para ir em Foz do Iguaçu e descansar a mente.  

Veja também: Conheça tudo sobre o Parque Nacional do Iguaçu

Iguazu Wellness 

Voltada para o turismo de bem estar e saúde, a Iguazu Wellness promove seções de yoga, mindfulness e meditação para todas as idades.  

As práticas podem ser tanto de nível avançado como introdutório, sendo adaptáveis ao roteiro.  

Podem ser realizadas no Studio de Yoga, em meio à natureza, durante seu passeio nas Cataratas do Iguaçu, e até mesmo em seu hotel ou local de preferência. E você pode praticar sozinho, com a família ou até mesmo com o grupo corporativo.  

A Yoga é uma arte milenar, que ajuda na diminuição do estresse, alivio da ansiedade e sua prática continua pode até mesmo melhorar a concentração.  

Não somente isso, a Yoga também traz benefícios ao corpo, melhorando a flexibilidade e até mesmo ajudando a emagrecer.  

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu iguazu wellness
Mindfulness nas Cataratas | Foto cedida pelo Iguazu Wellness

Pescaria Esportiva  

Você já deve ter ouvido famosa frase: Tá nervoso? Vai pescar! 

E se você leva ela bem ao pé da letra, nós temos a pescaria esportiva no lago de Itaipu. 

Diferentemente da pesca recreativa, nessa modalidade o objetivo não é comer ou vender os peixes pescados, ou seja, todos são devolvidos a água. Isso ocorre porque a pesca esportiva é focada em competições com diferentes objetivos e um conjunto especifico de regras.  

Na maioria das competições o pescador captura o peixe com um certo cuidado, mede-o e fotografa para depois devolve-lo para a água em segurança.  

Se você gosta desse tipo de esporte, nossos parceiros da Combo Iguassu tem os melhores pacotes de pesca esportiva de 4hrs à 8hrs.  

É próximo da cidade e perfeito para quem quer tranquilidade e segurança, enquanto aproveita uma boa pescaria.  

A pesca esportiva no lago de Itaipu funciona todos os dias, das 9hrs às 17hrs. 

Veja também: Pescaria Esportiva na Argentina

Wakeboard 

Se para você, um método de como descansar a mente é um pouco de diversão, vamos lhe apresentar o Wake Iguassu Cable Park. 

Lá, não importa se você é iniciante no Wakeboard, pois com o método de ensino deles todos conseguem andar pela primeira vez. Sem contar que eles possuem instrutores treinados para evitar qualquer tipo de risco.  

O turista começa recebendo instruções e o equipamento de segurança é colocado. Ai então, a diversão começa, toda de forma segura e tranquila.  

A idade mínima é de 14 anos e o passeio tem duração média de 1h30. O Wake Iguassu funciona todos os dias, das 12h às 20h.  

A venda de ingressos pode ser feita pelo próprio Hotel Pop. Vale à pena conferir! 

Aguaray

Que tal uma caminhada para descansar a mente e depois um belíssimo passeio de caiaque ou SUP?  

No Aguaray em Foz do Iguaçu você pode os dois! 

São em média 45 minutos de caminhada pela “Trilha do Índio”, de 1,4km, que passa por dentro da nossa reserva de Mata Atlântica.  

Ao chegar à base do rio Iguaçu, você recebe as instruções necessárias e todo o equipamento de segurança, depois é só remar durante 1 hora e aproveitar as belezas naturais que enchem os olhos. 

Uma união entre a natureza e o esporte que a Aguaray Eco Esportes quer te proporcionar.  

O passeio varia de 1h30 à 3h.  

A idade mínima é de 10 anos e menores de idade precisão da autorização dos pais ou responsáveis.  

A venda de Ingressos é feita pelo Hotel Pop. 

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu aguaray
Passeio de caiaque e sup | Imagem cedida pelo Aguaray

Como descansar a mente com água

Qual o melhor método de descansar o corpo e a mente, se não a água, não é mesmo? 

E se você quer dicas de lugares relaxantes (e divertidos também) para aproveitar em Foz do Iguaçu, estamos aqui pra isso!  

Então acha um papel e uma caneta e vai anotando lugares ótimos para relaxar e aproveitar o fim de semana.  

Veja também: As cachoeiras mais bonitas do Brasil

Secret Falls

Sabe o que é melhor que 1 cachoeira? É conhecer 11 cachoeiras lindíssimas e ainda aproveitar uma hidromassagem natural.  

São quatro trilhas que somam um total de 4km, passando por três rios: Carimã, Tamanduá e Remanso.  

A trilha é feita a pé e durante todo o percurso há um veículo de apoio, interpretes e socorristas, visando maior conforto e segurança para seu passeio.  

Há também uma parada para almoço com uma deliciosa feijoada e opções veganas, para que todos possam aproveitar a culinária saborosa.  

O atrativo funciona diariamente das 8h às 18h, com idade mínima de 8 anos.  

A venda de ingressos é feita pelo Pop Hotel, em parceria com a Combo Iguassu.  

Veja também: Iguassu Secret Falls – Combo Iguassu 

Blue Park

E que tal uma ideia de como descansar a mente em família? Afinal, as crianças também precisam de um lazer para relaxar da rotina de estudos.  

Blue Park é um parque aquático conhecido por ser a terceira maior praia termal com ondas do mundo, localizado bem acima do aquífero Guarani.  

De tobogãs irados até uma praia artificial com areia de verdade, o Blue Park é o melhor lugar para quem quer relaxar em família.  

Em alta temperatura o parque abre todos os dias, das 10h às 17h. Menores de idade precisam estar acompanhados dos pais.  

Venda de ingressos disponível na base da Combo Iguassu que fica no Hotel Pop. 

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu aquamania
Aquamania Foz | Foto cedida pelo atrativo

Aquamania 

Outra sugestão de parque aquático para ir com a família é o Aquamania em Foz do Iguaçu.  

Se você quer um lugar tranquilo para levar seus filhos, com várias piscinas e toboáguas, esse lugar é o Aquamania.  

O Aquamania oferece 7 tobogãs com supervisão de pessoal capacitado, além de piscinas para a prática de esportes como vôlei aquático e biribol, além do “Rio Preguiçoso”, para quem quer só relaxar. #DeixaACorrentesaTeLevar  

O Aquamania também disponibiliza área infantil para os pequenos aproveitarem em segurança, além de uma equipe de bombeiros e monitores com treinamento de salvamento.  

O horário de funcionamento é de terça a domingo, das 10h às 18h. Menores de 14 anos precisam estar acompanhados de responsáveis.  

Mais informações no site ou na base da Combo Iguassu instalada no Hotel Pop.  

Como descansar a mente em contato com a natureza

A natureza é um ótimo aliado para aqueles que querem apenas relaxar de uma semana exaustiva.  

E pra você que não quer esportes ou piscinas, o Pop separou uma lista de lugares que podem te proporcionar a mesma sensação de baterias recarregadas.  

Veja também: Melhores passeios em Foz do Iguaçu

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu minas de wanda
Minas de Wanda na Argentina | Foto cedida pelo atrativo

Polo Astronômico  

Pra quem curte astronomia, olha só a dica de ouro que a Pop tem pra você! 

Localizado dentro do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), o Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho é um centro de ciências com foco na astrologia da Usina Hidrelétrica de Itaipu. 

É um ótimo lugar para quem deseja contemplar planetas e constelações. 

As principais atividades são observação via telescópio, observação a olho nu, planetário e aulas sobre conceitos de astronomia. 

Vale super a pena juntar conhecimento com relaxamento e aproveitar esse passeio. 

Para os alunos do ensino fundamental e médio, o Polo Astronômico possuí uma Área Educacional, que estimula o aprendizado e ajuda na formação de uma cultura científica mais ampla. 

Desde a entrada o interesse é despertado e o passeio é feito com acompanhamento de um guia, que explicará tudo e sanara todas as suas dúvidas a respeito do universo e tudo mais.  

O local funciona de terça a domingo, com opções de saída das 10h ou 16h.  

Tem duração média de 2h30, comporta no máximo 30 pessoas e quem quiser visitar a noite precisa comprar os ingressos antecipadamente tanto para sexta quanto para o sábado.  

O valor do ingresso é de 29,00 reais por pessoa.  

Aviso: O passeio depende de boas condições climáticas para acontecer, por isso verifique as datas antecipadamente.  

Lua Cheia Cataratas Argentinas

Ainda falando de astronomia, que tal combinar a beleza inigualável das Cataratas com uma Lua Cheia de tirar o fôlego? 

O passeio noturno Lua Cheia Cataratas pode ser um ótimo meio de conhecer por completo uma das belezas naturais mais incríveis do mundo.  

A ideia principal é que os visitantes possam vivenciar a experiência de ver, sentir e ouvir o que acontece no Parque Nacional del Iguazú a noite, onde o barulho das águas sobressai em meio ao silêncio.  

É um passeio exclusivo, feito apenas alguns dias por mês, com limitação de lugares por pessoa. 

Não tem idade mínima para aproveitar essa maravilha, entretanto pessoas com menos de 18 anos desacompanhadas e sem documentação atualizada não entram na argentina. Por isso fique atento! 

O passeio funciona das 18h às 22h. Confira as datas disponíveis no site da Combo Iguassu.  

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu lua cheia cataratas argentinas
Lua cheia nas Cataratas Argentinas | Foto cedida pelo atrativo

Minas de Wanda

Que tal curtir umas jazidas que surgiram com o derrame de lava vulcânica há milhares de anos bem pertinho de Puerto Iguazú, há 45km da fronteira com Foz do Iguaçu? 

As Minas de Wanda são o local ideal para quem quer descansar a mente com uma beleza imensurável.  

São cinco minas onde o visitante pode ter acesso. Lá é possível encontrar muitas pedras preciosas como esmeraldas, rubis, ametistas, ágatas, topázios (amarelo, azul, marrom), cristais de rocha rosada, cristal de Vênus, água-marinha, entre outras espécies. Um conjunto de mais de 50 variedades.  

Quem visita a mina também pode ver de pertinho a extração a céu aberto e dentro das cavernas.  

Uma coleção das espécies locais está exposta no Museu de Pedras e o parque ainda abriga lojas especializadas onde se pode comprar amostras brutas ou trabalhadas. 

O horário de visitação é das 7h às 20h, às segundas, quartas e sábados.  

Menores de 18 anos desacompanhados e qualquer pessoa sem documentação atualizada (RG ou Passaporte) fica vetado de entrar.  

A venda de ingressos é feita no Pop Hotel pela Combo Iguassu.  

Extra: Templo Budista

Um tempinho para acalmar a mente é sempre importante, e como esse é o tema da nossa matéria, seria um crime deixar de fora esse lugar gracioso.  

O Templo Budista Chen Tien é parada obrigatória para quem quer descansar o corpo e a alma, e ainda conhecer um pouco da religião predominante na Ásia, o Hinduismo. 

São mais de 120 estatuas em mais de 50 hectares. De combo ainda leva uma vista linda da fronteira com Paraguai, já que o Templo budista fica em uma localização privilegiada em Foz do Iguaçu.  

Para quem procura métodos de como descansar a mente, o Templo Chen Tien é o melhor lugar, já que possuí uma harmonia interligada aos ensinamentos budistas, além do acesso a culturas de diversas etnias que já passaram por Foz do Iguaçu.  

A entrada é franca e o templo funciona de terça a domingo, das 9h30 às 16h30.  

Veja também: Templo Budista: Dicas 

Como descansar a mente: Lugares para ir em Foz do Iguaçu templo budista
Templo Budista | Foto por Avant Produções

Como descansar a mente: Conclusão 

E aí? Vale super a pena visitar Foz do Iguaçu e visitar todos esses lugares deliciosos, né? 

Pois o Pop Hotel também é um lugar maravilhoso pra quem procura uma hospedagem tranquila e confortável, para descansar a cabeça.  

A Guia da Fronteira aprovou, veja o post que ela fez sobre nós no Instagram clicando aqui.  

E se precisar dos melhores descontos nesses lugares e em muitos outros mais, é só acessar o nosso parceiro da Combo Iguaçu. Lá você encontra os melhores pacotes para os passeios que você quiser. Confere lá! 

Veja também: Melhores Pacotes 2021

Não esqueça de seguir a gente nas redes sociais: 

Imagem de capa: Pixabay